“Aura” significa “luz”, e “soma” significa “corpo”, representando assim os corpos de luz que somos e as cores de que precisamos para estar em harmonia connosco próprios e com o mundo envolvente, porque a luz é cor.

Numa consulta de Aura-Soma, o paciente escolhe quatro frascos, de entre 106, que o terapeuta analisa, compreendendo dessa forma a personalidade da pessoa e as áreas da sua vida que são mais importantes nesse momento.

Cada frasco contém dois líquidos de cores distintas, cuja combinação cria um efeito específico. O líquido na metade superior consiste em óleo, essências e plantas, e o líquido na segunda metade é feito de água, essências e plantas. Para além do poder curativo das plantas e da aromoterapia, estes frascos ajudam ainda pelas suas cores vivas, que devem ser aplicadas mediante cada caso.

Cada cor tem o seu significado, e ao escolher um conjunto de duas cores o paciente está a dar pistas ao terapeuta do tipo de problema que o está a afetar. No final da consulta, o terapeuta prescreve ao paciente um frasco com um determinado conjunto de cores, que considera mais indicado ao seu caso, para que este possa aplicá-lo, num determinado ponto do seu corpo (normalmente sobre um dos sete chacras).

Num dos métodos de análise usados, o primeiro frasco escolhido revela o que foi mais marcante no passado e qual a missão de vida do paciente, o segundo frasco aponta para problemas existentes e obstáculos que terá de superar, o terceiro frasco revela a vida presente e o ponto em que se encontra e o quarto frasco aponta para metas e objetivos futuros.

O FUTURO ATRAVÉS DA AURA-SOMA

De uma forma simplificada, rápida e direta, pode desvendar o seu futuro através da aura-soma! Para tal, só tem de se concentrar na sua questão ou, se não tiver nenhum assunto específico para o qual procura resposta, liberte simplesmente a sua mente de distrações, para que ela possa fluir livremente. Observe, então, o grupo de cores apresentado e escolha aquele que capta a sua atenção de imediato ou de forma mais intensa. Deixe-se guiar pela intuição, não queira determinar a sua escolha. De seguida, leia o resultado obtido e a mensagem que este lhe traz.

O futuro através da aura-soma

1 – Concentre-se mais no que está à sua volta. Alcançará a harmonia quando descentralizar o foco da sua atenção e aprender a analisar as suas intenções com clareza e objetividade. Se aquilo que deseja contribui para o bem comum, e não apenas para fins egocêntricos, então os seus desejos têm fortes probabilidades de se tornarem realidade. Aja com confiança e aprenda a ouvir o seu coração!

2 – Reconheça os seus talentos e partilhe-os. Quer tenha consciência disso ou não, você possui um dom que pode ajudar as pessoas que o rodeiam. Aprenda a utilizá-lo, ensine aquilo que sabe, e verá que ao mesmo tempo que contribui para melhorar a vida dos outros irá libertar-se das preocupações e dos receios que assaltam a sua mente.

3 – Páre para pensar. Abrande o passo, desacelere por alguns momentos o ritmo em que vive, e analise a sua vida de forma a compreender aquilo que está a mais, aquilo que não lhe faz bem, aquilo de que precisa de se libertar. Atreva-se a cortar com o passado e por fim a um relacionamento insatisfatório, um trabalho que não lhe traz o merecido reconhecimento ou as justas recompensas, ou seja o que for que precisa de ser mudado.

4 – Acredite mais em si. Aprenda a ouvir a sua intuição e a reconhecê-la como um poderoso guia que orienta os seus passos no caminho certo. As respostas que agora procura virão ter consigo no momento certo, Deus está perto e não se esqueceu de si. Dê mais atenção aos seus sonhos e pressentimentos. Quando receber aquilo que deseja, partilhe com os que o rodeiam.

5 – Aprenda a amar-se mais. Deixe de ser tão injusto ou exigente consigo próprio, está na altura de se tratar com maior amor, carinho e, sobretudo, compreensão. Procure rodear-se de pessoas que lhe transmitem energias positivas e, desse modo, atrairá energias positivas para a sua vida em geral e para os seus relacionamentos em particular.

6 – Faça as pazes com a vida. Chegou o momento de por fim aos conflitos que são desnecessários e que consomem a preciosa energia de que precisa para viver. Está prestes a evoluir para um novo nível na sua vida, mas para que possa fazê-lo precisa de conciliar as suas vontades com a sua realidade e de se libertar de tudo o que o magoa.

7 – Perdoe-se a si e aos outros. A culpa mina mais do que qualquer outro sentimento, aumenta a sua vulnerabilidade e insegurança perante as situações e impede-o de progredir. Perdoe-se a si próprio e aceite que fez aquilo que para si era o melhor naquele momento, consoante as circunstâncias. Somente quando deixar de se auto criticar e de julgar as suas próprias atitudes poderá ser feliz.

8 – Escolha ser a solução. Tome consciência disto: você pode sempre ser parte do problema, ou então ser parte da solução. Optar pela segunda implica assumir a responsabilidade pela sua própria vida, em vez de se sentir simplesmente à mercê das circunstâncias e das vontades dos outros. Siga aquilo que realmente deseja, e verá como todos os problemas se resolvem muito mais facilmente.

9 – Seja fiel a si próprio. Aprenda a reconhecer e a respeitar aquilo em que acredita, pois é isso que constrói a sua vida com base na verdade. Não se limite a seguir o que os outros querem ou pensam ser o melhor para si, tome conscientemente a decisão de expressar aquilo em que acredita e de viver de acordo com a sua própria consciência e vontade.

10 – Evite fazer julgamentos. Muitas vezes, aquilo que nos mantém presos a um passado que nos magoa é a tendência para fazer julgamentos precipitados, ancorados nos nossos próprios medos ou naquilo que assumimos como sendo verdade. Procure, antes, acreditar no amor e na bondade, e ponha de lado a necessidade de avaliar, de julgar ou de exigir, quer dos outros, quer de si. Sentir-se-á muito mais leve e será bem mais feliz.

11 – Retorne à sua fonte interior. Por vezes, o ruído exterior, as exigências dos outros, as distrações quotidianas, afastam-nos do nosso verdadeiro caminho, do nosso “eu” mais íntimo, mais profundo e verdadeiro. Volte-se novamente para si próprio, reencontre o seu centro energético e permaneça consciente dele, aceitando-se exatamente como é.

12 – Cultive a sua espiritualidade. É chegado o momento de se voltar para o seu lado mais espiritual, de se libertar da rapidez do mundo material e de tudo o que é mecanizado. Desligue o telemóvel por algumas horas, não passe tanto tempo em frente ao televisor ou do computador. Em vez disso, dê um passeio, sozinho, no campo ou pela praia, sinta a energia da natureza fluir dentro de si e dê mais atenção à sua voz interior.

13 – Liberte a sua deusa interior. Faça as pazes com os pólos divergentes que existem dentro de si, equilibre as energias masculinas e femininas, respeite as suas vontades e não tenha receio de manifestar a sua sensibilidade, a sua sensualidade, os seus desejos e vontades livremente, sem culpas nem rodeios. Assuma a plenitude do ser maravilhoso que é!

14 – Faça uma transformação interior. Enfrente-se olhos nos olhos, encare os seus medos de frente e vença-os, não permitindo que eles o bloqueiem ou impeçam de agir. Aceite as suas fraquezas e fragilidades, aprenda com os erros mas não se mantenha preso a eles ou ao passado. Purifique a sua alma abrindo os braços para aquilo que a vida tem de bom para lhe oferecer, e permita-se ser feliz!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.