Neste mês de julho, que se prevê novamente quente, a principal missão deve ser não descurar a rega, essencial ao desenvolvimento das suas plantas e das suas culturas. Para minimizar as perdas de água e proteger os pés das variedades botânicas do excesso de calor, pode proceder ao empalhamento das culturas. Naquele que é o primeiro mês do segundo semestre do ano, há, todavia, muito por fazer, além de regar.

Esta altura exige, ainda, que dedique parte do seu tempo à vigilância fitossanitária, uma vez que são muitas as pragas e as doenças que atacam as culturas neste período, além do combate às infestantes que também é necessário executar para as travar. Há também plantações a fazer, podas para avançar e enxertias a preparar atempadamente. Confira, de seguida, a lista de trabalhos a empreender e prepare-se para arregaçar as mangas!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.