Ambiente acolhedor e familiar. É esta a promessa do Évora Hotel, um quatro estrelas e uma das unidades hoteleiras mais conhecidas na cidade, que conta com quase 30 anos de existência. O espaço exterior está inserido numa propriedade de 15 hectares e reabriu ao público no passado 2 de junho, depois de meses em lay-off.

Aos poucos, o Évora Hotel vai ganhando uma nova vida. A aposta tem sido na renovação e isso já se nota nos espaços comuns e no mobiliário de alguns dos 170 quartos, entre eles várias suites, com vista para a planície alentejana, jardim ou piscina. Mas o que faz realmente a diferença e tem tudo para nos querer fazer regressar é a proximidade e a atenção de que somos alvo.

Évora Hotel lança oferta especial para os feriados do final de junho
créditos: Évora Hotel

Dizia-me uma amiga que, há uns anos, quando vivia em hotéis devido ao trabalho que tinha, preferia sempre ficar no Évora Hotel e fazer o caminho na manhã seguinte para Beja, do que escolher outro espaço. “Aqui já sabem o que eu gosto, quais as minhas preferências para o pequeno-almoço. São muito atentos”, explicava. Lembrei-me desta conversa à saída de Évora.

Depois de ter sido convidada a experimentar uma noite percebi o que dizia: na zona do restaurante, era o próprio gerente do hotel, Miguel Mello Breyner, que distribuía as mesas e dava indicações como “Bem-vindo de volta” ou “Estes senhores podem sentar-se junto à janela, como ontem”. Essa mesma atenção aconteceu comigo “Têm um bebé, vamos encaminhar-vos para uma mesa mais perto do buffet”. Ali o atendimento é o mais personalizado possível. Sabemos que gostamos que nos dispensem atenção, nem que seja um pormenor, e o staff tem bem noção disso.

créditos: vilhena.pedro@gmail.com

Já conhecia o hotel de outras andanças (tanto em cobertura de eventos como depois a título pessoal para usufruir da piscina ou do restaurante). Mas ainda não tinha tido a oportunidade de ficar hospedada. E desde logo se nota a grande afluência de hóspedes, sobretudo famílias, que se espalhavam pelo jardim junto da piscina.

Jiboias, avestruzes e lontras também as há no Alentejo como nos revela a rota “Família Natureza”
Jiboias, avestruzes e lontras também as há no Alentejo como nos revela a rota “Família Natureza”
Ver artigo

Este é o reflexo da aposta do hotel depois da reabertura – o pack especial “Verão em Grande” que inclui alojamento, refeições principais e atividades para toda a família, com oferta da primeira criança até aos 15 anos, e da segunda até aos cinco, ou 50% de desconto, entre os seis e os 15 anos. O pack inclui ainda a entrada de uma criança por cada adulto pagante no Monte Selvagem (um programa que explora o Montado numa reserva natural).

Perguntei ao empregado que me levava as bebidas para o meu lugar na piscina se era normal o hotel estar tão cheio. “Antes da pandemia diziam que o hotel estava cheio de 1 de janeiro a 31 de dezembro”, explicou. Ou seja, os corre corre dos fins de semana de sol multiplicavam-se todos os dias. A lotação ainda estará longe do desejado, mas a oferta proposta pelo Évora Hotel parece estar a surtir algum efeito.

Outra coisa que se nota é que o hotel não é só frequentado por hóspedes. Os próprios eborenses parecem ser visitantes assíduos deste espaço e isso também se nota pelas conversas que vamos ouvindo aqui e ali.

Atividades para todos os gostos

Entre as atividades propostas no espaço é possível desfrutar de um piquenique em família, preparado pelo hotel, contempla um percurso específico para realizar três circuitos outdoor, em áreas distintas, a pé ou de bicicleta e tem duas piscinas exteriores e uma interior - aquecida e com ligação direta ao jardim.

Évora Hotel lança oferta especial para os feriados do final de junho
créditos: Évora Hotel

Os amantes de desporto têm ainda a possibilidade de usufruir de um driving range para golfe em família, assim como um Health & Fitness e Wellness Center, em parceria com o ginásio Everybody Health & Fitness, um espaço onde decorrem regularmente aulas de grupo outdoor. E na manhã de domingo pudemos assistir a uma dessas aulas de grupo, que estava a acontecer nos jardins. Enquanto que uns aproveitavam a piscina, outros aproveitavam a manhã para fazer exercício.

Mas há mais atividades promovidas pelo Évora Hotel como aprender a amassar e a cozer pão, participar em workshops de olaria, fazer passeios de barco no Alqueva ou de balão de ar quente e saltos de paraquedas.

É possível ainda desfrutar das atividades realizadas no Kartódromo de Évora ou fazer uma visita à Destilaria de Gin, à fábrica de Lanifícios, à fábrica Tapetes de Arraiolos, a um produtor de chocalhos alentejanos.

Da bela Évora, passando pelas muralhas de Monsaraz, até ao mergulho nas águas de Alqueva
Da bela Évora, passando pelas muralhas de Monsaraz, até ao mergulho nas águas de Alqueva
Ver artigo

Há ainda a vertente dos vinhos ou não estivéssemos numa região de grandes produtores. Por um lado, temos a Wineshop, a primeira a ser lançada dentro de um hotel no Alentejo, há mais de oito anos.

Atualmente oferece um leque de vinhos tintos, brancos, espumantes e até azeites, em representação de 18 produtores da região. Há ainda provas de vinhos que decorrem nos jardins do hotel onde são selecionadas e apresentadas as várias ofertas dos produtores locais, que são acompanhadas por petiscos regionais. Estes eventos acontecem semanalmente ou de acordo com marcação prévia, com disponibilidade até seis pessoas em simultâneo.

créditos: vilhena.pedro@gmail.com

Fora do hotel também há forma de conhecer os vinhos e produtores alentejanos, através de descontos e benefícios que incentivam a visita às adegas e vinhas mais reconhecidas como a Adega da Cartuxa, a Herdade do Esporão ou a Adega da Ervideira.

Venha desfrutar da Rota dos Vinhos do Alentejo com os descontos que este hotel oferece
Venha desfrutar da Rota dos Vinhos do Alentejo com os descontos que este hotel oferece
Ver artigo

Gastronomia tipicamente alentejana para nos encher a barriga

E o melhor ficou mesmo para o fim. O Évora Hotel é conhecido pelo seu restaurante regional, e um local de eleição de famílias locais e grupos de amigos. Foi precisamente neste contexto que já tinha visitado o espaço, há uns anos.

Não me lembrava bem de todos os pratos e confesso que na altura não dava assim tanta importância à oferta da cozinha dos hotéis. Mas agora a qualidade da comida é algo que valorizo bastante e uma das coisas que nos faz querer voltar (ou não).

Apesar de ser servido em buffet, há sempre pratos do dia que vão renovando diariamente, seja ao almoço ou ao jantar.

Os menus estão disponíveis na receção ou nos elevadores do hotel. O que me chama logo à atenção é o menu infantil (só depois de uma pessoa ter filhos é que começa a reparar nessas coisas) e revela-se uma boa surpresa. Não encontro os típicos hambúrgueres, nuggets, batatas fritas ou pizzas. Esparguete à bolonhesa (que também podemos considerar um prato típico dos menus infantis, mas que percebi ser uma oferta entre outras que o hotel disponibiliza) e arroz de cenoura com pataniscas são os pratos destinados aos mais novos.

Évora Hotel lançou nova carta de snacks tipicamente alentejanos

Claro que as crianças não precisam comer o menu infantil se não quisermos que o façam. Mas o facto de a oferta ser diferente do que geralmente estamos habituados a ver é uma lufada de ar fresco. E um alívio para quem se preocupa em oferecer variedade aos mais pequenos. E fiz questão de dar os parabéns a Miguel Mello Breyner, o gerente do Évora Hotel, que me confidenciou que têm a preocupação de oferecer opções diferenciadas e ao mesmo tempo nutritivas.

A oferta é variada – aquilo que se espera de um buffet – onde encontramos salada de feijão frade com atum, orelha ou grão, pataniscas de bacalhau, cogumelos salteados, queijos, enchidos, vários tipos de pão, sopas e os pratos do dia, entre outras coisas.

créditos: vilhena.pedro@gmail.com

Comecei a minha refeição por um gaspacho que completei com pedaços de ovo cozido e pão torrado. Depois, foi fazer um pijaminha de vários pratos para poder provar um pouco de tudo. Conclusão: muitas entradas e pouco de prato principal. Dispensei o bacalhau, mas ainda provei um pouco da vitela estufada. E ainda não tinha chegado às sobremesas.

“Tem de provar a nossa sopa dourada”, aconselhou-me Miguel Mello Breyner no início da refeição. O problema do buffet é apenas um: ter estômago para conseguir comer tudo. Eu sou a pior (ou será a melhor?) cliente de buffets pois fico cheia com pouco.

O cartão de visita do restaurante é a aposta na comida regional alentejana, desde entradas regionais, sopas alentejanas (açordas, sopa de tomate, sopa de beldroegas, etc), porco alentejano, migas, borrego, bacalhau dourado ou bacalhau com broa.

A doçaria que caracteriza a região está no buffet de doces regionais e conventuais que pode incluir encharcada, sopa dourada, sericaia com ameixa de Elvas, pão de Rala, entre outros, e claro, salada de fruta para uma opção mais saudável.

A minha escolha voltou a cair num pijaminha de sobremesas: salada de fruta, mousse de chocolate caseira, sericaia e a sopa dourada que fechou a refeição com chave de ouro.

O pack “Verão em Grande” pode ser reservado nas opções entre duas a cinco noites, com preços entre os 182 euros e os 410 euros por pessoa, respetivamente.

As reservas poderão ser feitas aqui ou através do telefone 266 748 800 ou pelo e-mail reservas@evorahotel.pt.

O SAPO Lifestyle ficou hospedado a convite do Évora Hotel.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.