Este ano, mais portugueses estão a recorrer a lojas de comércio tradicional para fazer as suas compras de Natal. As conclusões são do estudo do Observador Cetelem Natal 2017, que mostram uma mudança face aos resultados de anos anteriores, com 48% dos portugueses a afirmar que fará compras nestes estabelecimentos. Este resultado representa mais 12% que em igual período do ano transacto.

Ainda assim, os centros comerciais continuam a ser os espaços de eleição dos consumidores nacionais para fazer compras de Natal, reforçando a sua posição enquanto local preferencial para compras, de acordo com 90% dos inquiridos.

Em relação aos lisboetas, os portuenses frequentam mais os centros comerciais (93%, contra 90%), bem como o comércio tradicional de rua (43%, contra 40%), enquanto os residentes na capital vão mais aos super e hipermercados (44%, contra 36 pontos percentuais).

Por regiões, os habitantes do sul do país vão mais a centros comerciais fazer as suas compras natalícias (94%, contra 89% dos habitantes do centro e 86% no norte), bem como a super e hipermercados (72%, mais 14 pontos percentuais que os residentes no centro de Portugal e 33% que no norte).

Por fim, no centro do país há maior tendência a efetuar as compras de Natal em espaços tradicionais de rua, em compração às restantes regiões de Portugal continental (48% no centro, contra 40% no sul e 28% no norte).

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.