O cantor Peter Yarrow foi acusado num novo processo de violação a uma jovem menor de idade, num quarto de hotel em Manhattan, em 1969. As acusações foram feitas contra o músico esta quarta-feira.

Como relata o New York Post, que cita o processo, antes da alegada violação, Yarrow terá estado com a alegada vítima - que era fã da sua música - em várias apresentações da banda Paul and Mary, da qual o artista fazia parte.

Peter ter-se-á "interessado por ela", agindo de uma maneira que a menor pensava ser "paternal".

A alegada vítima terá fugido de casa, em Minnesota, e encontrou-se com Yarrow num hotel, no Lower East Side, onde a terá violado. No dia seguinte, o cantor comprou um bilhete de avião para a menor voltar para Minnesota e disse-lhe para ir embora, adianta ainda o processo.

A alegada vítima "tem sofrido com os efeitos da violação desde então" e está a pedir uma indeminização.

Esta não é a primeira acusação contra Yarrow. O artista já foi condenado por "comportamentos impróprios" com uma jovem de 14 anos num quarto de hotel em Washington, em 1970.

Leia Também: Ator francês Gérard Depardieu indiciado por violação e agressão sexual

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.