"Com um pico de 1,5 milhões de espectadores a Gala dos Globos de Ouro teve momentos únicos e emocionantes que não iremos esquecer", foi desta forma que Clara de Sousa deu início a um desabafo no qual fez o balanço da cerimónia dos Globos de Ouro, que na noite de domingo teve oportunidade de apresentar.

A apresentadora quis responder às críticas geradas em torno do vestido que elegeu para a ocasião.

"Por mim, senti-me muito bem na minha pele - bem sei que não é consensual nem tem de ser - e com a confiança necessária para estas ocasiões tão especiais", atirou.

Por fim, a jornalista agradeceu ainda a todos os que a "mimaram" e contribuíram para que brilhasse em palco.

"Obrigada ao João Rolo por este maravilhoso vestido verde real que simboliza a esperança que nestes tempos não podemos perder; à Gilles Joalheiros pelo conjunto magnífico de esmeraldas e diamantes; ao Luís Onofre pelas sandálias em pele sobre as quais estive durante mais de 5 horas com todo o conforto; ao Leonel Simões e à Elsa Martinho pelos cabelos e maquilhagem que adorei e a todos os que indirectamente trabalharam para a grande gala.
Foram incríveis e é um privilégio ter estado convosco mais este ano", completou.

Leia Também: César Mourão rendido à elegância da mulher nos Globos de Ouro

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.