A gala dos prémios Emmy ficou este ano marcada por uma polémica que despertou nas redes sociais logo após o fim do evento. A motivar a discórdia entre os seguidores está o facto de celebridades como Nick Cordero e Kobe Bryant não terem feito parte do momento 'In Memoriam', que todos os anos homenageia os grandes nomes que morreram no decorrer do ano.

O ator Zach Braff, amigo de Nick Cordero, foi precisamente uma das pessoas que usou as suas redes sociais para manifestar o seu desagradado e questionar a organização do evento pela polémica decisão.

Pouco depois de se mostrar incrédulo com o facto de, alegadamente, ser necessário fazer uma espécie de 'campanha' para que o nome dos artistas sejam "aprovados" pela academia, Zach Braff divulgou aquilo que diz ser uma resposta oficial da organização sobre o tema.

"Eles pediram que eu passasse a seguinte nota: Os envolvidos no processo de seleção In Memoriam estão bem cientes do triste falecimento do Sr. Cordero devido ao coronavírus e asseguramos que o seu nome recebeu todas as considerações para a inclusão. Com tantas pessoas a morre num determinado ano, simplesmente não podemos garantir que qualquer pessoa em particular seja incluída, nem divulgamos os nomes dos incluídos antes da transmissão", pode ler-se na publicação partilha na rede social Twitter.

Leia Também: Nick Cordero e Kobe Bryant 'excluídos' do tributo 'In Memoriam' dos Emmys

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.