Depois de na passada sexta-feira ter estado n'O Programa da Cristina', da SIC, Bruno de Carvalho deslocou-se hoje, 1 de junho, aos estúdios da TVI para marcar presença no programa 'A Tarde É Sua'.

Uma entrevista onde o antigo presidente dos leões recorda o dia das agressões à equipa do Sporting na Academia de Alcochete e a sua detenção.

Ao reforçar de novo que "não foi ouvido" durante a investigação, Bruno de Carvalho disse - referindo-se ao momento em que esteve preso: "Estive quatro dias sem tomar banho, num espaço minúsculo com um buraco no chão com um cheiro terrível a fezes, e era aí que eu tinha que deitar a cabeça para dormir. Uma coisa absolutamente desumana".

Durante a conversa, o ex-presidente do Sporting afirmou que "os pais foram ameaçados". Mais tarde, acabou por ser surpreendido com uma chamada da mãe, Ana de Carvalho, que desabafou sobre o seu acompanhamento de todo este processo.

"Gerir isto é perder peso todos os dias, chorar lágrimas de sangue... É saber que tenho um filho maravilhoso. Tive um bebé maravilhoso e sorridente, que tive um adolescente que não me deu problemas, que tive um homem que Deus me mandou e que eu guardo no meu coração, que é parte da minha vida, de tudo o que faço, que foi sempre amável, bondoso, querido... que é um pai excelente, criou uma filha sozinho", destacou Ana de Carvalho, mostrando o seu "orgulho imenso e o amor enorme" que tem por Bruno de Carvalho.

Leia Também: Bruno de Carvalho lamenta ter "passado de presidente a terrorista"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.