Joana Ribeiro, a atriz que brilha na série de televisão «Madre Paula», transmitida pela RTP1, foi escolhida por Terry Gilliam, realizador de filmes como «12 macacos», «Parnassus» e «Os irmãos Grimm», para participar no filme «The man who killed Don Quixote», «O homem que matou Dom Quixote» em tradução literal. Durante a rodagem desta longa-metragem, apaixonou-se pelo flamenco, uma dança que teve de aprender.

«Gostei tanto da experiência que quero retomar as aulas», assume, em entrevista à edição de setembro da revista Prevenir, a partir de hoje nas bancas de todo o país. «Além de ser uma dança linda, é muito exigente e completa», justifica. Para além de revelar como se prepara para os papéis e os cuidados que tem para manter uma boa forma física, a atriz explica ainda a necessidade que tem de preservar a vida privada.

«A minha privacidade é o meu bem mais precioso. Para mim, não faz sentido partilhar a minha vida, a minha família e os meus amigos com o público. Acredito que será mais fácil para as pessoas acreditarem nas minhas personagens se não conhecerem a Joana», confidencia. Joana Ribeiro é um dos nomes confirmados no elenco da nova telenovela da SIC, «Paixão», protagonizada por Margarida Vila-Nova e Albano Jerónimo.

Joana Ribeiro faz revelações

Texto: Luis Batista Gonçalves com Sofia Santos Cardoso e Carlos Ramos (fotografia)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.