Katia Aveiro mostrou-se profundamente indignada com um crime de assassinato de um menino de nove anos, Rhuan Castro, por parte da sua mãe e companheira, no Brasil.

“Estava há pouco vendo na totalidade a entrevista que o ‘monstro’ que dizia ser a mãe e a sua companheira deram de como mataram o pequeno #rhuanmaycon”, começa por introduzir.

“Há 3 anos elas arrancaram o pénis do menino. A crueldade delas não tem explicação nem teve limites!!! 12 Facadas!!! A primeira ele ainda estava a dormir (querido menino). Assustado, chegou a ficar de joelhos na cama, foi quando elas deram-lhe mais 11 facadas. (Sei que é difícil ler e imaginar isto) mas tem que ser falado e temos que nos consciencializar de como é preciso nos unirmos para que seja feita justiça!”, diz a irmã de Cristiano Ronaldo.

“Arrancaram a cabeça com a criança ainda viva, o globo ocular (Deus do céu). Tentaram assar o corpinho na churrasqueira para que a pele se desprendesse para triturar os ossos. Como não tiveram sucesso elas esquartejaram e colocaram em duas mochilas infantis”, afirma.

“Vamos pedir justiça para que essas duas assassinas cruéis (malditas) não saiam mais da cadeia”, completa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.