Charlene do Mónaco continua internada numa clínica. Estas foram as mais recentes informações reveladas sobre a sua saúde, numa entrevista concedida pelo marido, Alberto do Mónaco, que sublinhou que o tratamento estava a ser realizado fora do país, não revelando as razões que o motivaram.

Agora foi a vez de Michael Wittstock, pai da princesa, quebrar o silêncio sobre o assunto. Em declarações ao meio de comunicação sul-africano You, Michael revelou-se confiante na total recuperação da filha, que deu indícios de um esgotamento físico e psicológico.

"A minha filha conseguia nadar 20 km por dia", sublinha, lembrando os tempos de atleta de Charlene. "Conhecendo a sua forma de treinar, sei que é dura. Irá superar isto e sairá muito mais forte", notou.

Recorde-se que a princesa, de 43 anos, ficou vários meses presa na África do Sul depois de ter contraído uma grave infeção no nariz, garganta e ouvidos. Poucos dias depois de regressar ao Mónaco tomou a decisão de procurar ajuda. A imprensa internacional indica que o tratamento está a ser feito na Suíça, embora tal não tenha sido confirmado pelo palácio.

Leia Também: Com Charlene do Mónaco internada, filhos sofrem mudança na escola

Leia Também: Afinal, quanto tempo Charlene do Mónaco vai ficar internada?

Leia Também: Charlene do Mónaco internada em "clínica", revela o príncipe Alberto

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.