A princesa Ana, a única filha da rainha Isabel II e de Filipe, duque de Edimburgo, desde cedo se destacou entre os irmãos pela personalidade destoante. Conhecida como a mais rebelde entre os membros da realeza britânica, representa a independência e um certo apetite pelo risco num seio familiar tradicional e conservador.

O seu perfil inspirador, que foi já responsável por algumas tensões, serviu de mote para uma rara entrevista.

Princesa Ana é a protagonista da mais recente edição da revista Vanity Fair, intitulada de 'Rebeldia Real', na qual revela a sua visão sobre a família e as mudanças que marcaram a monarquia, assim como alguns tópicos que, apesar de controversos, não recusou abordar.

Em agosto deste ano celebra 70 anos e a sua experiência leva-a a recusar o título de feminista, ainda que seja uma acérrima defensora das mulheres. O percurso ficou também marcado por um legado solidário que conta com o apoio a mais de 300 causas.

Na vida pessoal, além do marcante romance com Andrew Parker Bowles, o ex-marido de Camila Parker Bowles, atual mulher do seu irmão Carlos, a princesa Ana foi casada com Mark Phillips durante 19 anos. Da relação nasceu a sua filha, Zara.

Em 1992, quando terminou o casamento, subiu ao altar pela segunda vez com aquele que é o seu atual marido, Timothy Laurence.

Uma vida repleta de emoções que homenageamos com algumas memórias que marcaram o percurso da 'princesa rebelde'. Confira-as na galeria.

Leia Também: Indiferente às medidas de prevenção? Princesa Ana mantém a agenda oficial

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.