Este é um pequeno homem que atravessou século de história culinária. Liga-se à introdução do gengibre na Europa, proveniente do sudeste asiático, ainda na Idade Média e com os Cruzados. No mesmo período, fabricavam-se, no norte da Europa, uns biscoitos rústicos denominados Lebkuchen, antepassados remotos dos atuais Gingerbread Man.

Há, ainda, quem associe esta história a Isabel I de Inglaterra que, no século XVI, numa inteligente iniciativa diplomática ofereceu, no decorrer de um banquete a dignitários estrangeiros, bolinhos de gengibre representando-os fisicamente. Isto, numa época em que a Inglaterra anglicana antagonizava com uma França e Espanha católicas.

Já no século XIX, um conto invoca a narrativa de um homem de gengibre que ganha vida ao sair do forno. Uma fábula onde sai vencedor o biscoito.

Histórias à parte, é uma diversão produzir este Gingerbread Man. Envolva os miúdos e redescubra o prazer de cozinhar em família.

Bolachas Gingerbread Man
Bolachas Gingerbread Man
Ver receita completa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.