Para além da presença de inúmeros expositores e de uma zona de degustação com capacidade para 400 pessoas sentadas, durante os três dias do evento não faltarão showcookings protagonizados por três chefs: Arnaldo Azevedo e Vitor Matos (com estrelas Michelin nos restaurantes onde laboram), e ainda Cristina Manso Preto. Juntos, apresentarão propostas gastronómicas com produtos autóctones melgacenses e, claro, harmonizados com alvarinho da sub-região de Monção e Melgaço.

Haverá também oportunidade de assistir a três provas comentadas de vinhos, pelo sommelier Manuel Moreira, da “Revista de Vinhos”, que se debruçará nas temáticas: “Todas as ocasiões são boas para espumantes de alvarinho”, “Alvarinho à prova do tempo” e “Os segredos da prova de vinhos”.

A Melgaço regressa a grande festa do vinho e do fumeiro após dois anos de interregno
créditos: C.M.Melgaço

Para além da exposição, prova e venda de produtos, o programa do evento oferece ainda o concurso do Mel, Salpicão, Presunto e Broa de Melgaço, produtos com Indicação Geográfica Protegida (IGP); momentos de animação musical, diurna e noturna; e ainda toda uma diversidade de atividades paralelas, de animação turística e desportiva e ainda de enoturismo, que permitirão dar a conhecer Melgaço.

Os visitantes poderão adquirir o kit de prova (copo e porta-copo) no stand da organização do evento.

A Festa do Alvarinho e do Fumeiro de Melgaço começou, em 1995, por se apresentar como uma mostra de produtos locais para as populações locais. Com o passar dos anos, e como os dados demonstram inequivocamente, tornou-se numa festa reconhecida a nível nacional. Não espanta, portanto, quem em 2009 o Turismo de Portugal tenha reconhecido o seu Interesse para o Turismo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.