"Os Açores têm dado uma resposta muitíssimo boa", disse o bastonário da Ordem dos Médicos, em declarações aos jornalistas, na ilha de São Miguel, após uma audiência com o presidente do Governo Regional, José Manuel Bolieiro, onde esteve também presente o secretário regional da Saúde e Desporto, Clélio Meneses.

Miguel Guimarães, que está de visita à ilha de São Miguel, sublinhou ser "importante" para a Ordem dos Médicos "perceber como é que a pandemia está de facto a ser controlada no país", tendo elogiado o trabalho das autoridades regionais nesta matéria.

O bastonário da Ordem dos Médicos realçou ainda que "os Açores adaptaram a sua matriz" de risco utilizada para monitorizar a evolução da covid-19.

"Têm uma matriz que já tem incluído aquilo que é a sua análise ao número de internamentos e também em relação à vacinação. E, portanto, diria que a matriz que os Açores têm neste momento é mais eficaz no momento atual do que a matriz que existe no continente", sustentou.

Miguel Guimarães lembrou ainda que a vacinação contra a covid-19 "é tremendamente eficaz", pois "reduziu de uma forma brutal aquilo que é a atividade do vírus, mas sobretudo a gravidade da doença".

Por seu turno, o presidente do Governo açoriano, de coligação PSD/CDS-PP/PPM, reiterou que, "no que diz respeito à situação epidemiológica", os Açores "têm um quadro que na verdade tranquiliza" as autoridades quando "em comparação com o plano nacional e europeu".

"Nos Açores nós antecipámos. Temos feito em matéria epidemiológica sempre por antecipar os problemas, ir à procura do risco para o combater e acautelar imediatamente", sustentou José Manuel Bolieiro aos jornalistas, acrescentando que a região tem "o processo de vacinação bastante adiantado e tranquilizador".

O chefe do executivo açoriano apontou ainda que, “muitas vezes, os pessimistas não gostam de considerar” os números sobre a pandemia porque "preferem criticar em vez de avaliar com rigor".

"Provavelmente não vamos extinguir o vírus, mas estamos em boas condições de viver com o vírus devidamente protegidos", vincou o presidente do Governo Regional dos Açores.

Os Açores têm atualmente 392 casos ativos de covid-19: 338 em São Miguel, 15 na Terceira, 14 na Graciosa, 11 no Faial, nove em São Jorge e cinco em Santa Maria.

Há atualmente 12 doentes internados, todos no Hospital Divino Espírito Santo, em Ponta Delgada, um dos quais em unidade de cuidados intensivos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.