Estão hoje internadas 917 pessoas infetadas com o vírus SARS-Cov-2 (menos 19 do que na terça-feira), sendo que 138 delas estão em unidades de cuidados intensivos (mais cinco), segundo o relatório de hoje relativo à pandemia em Portugal da DGS.

Lisboa e Vale do Tejo é a região do país com mais novos casos diagnosticados nas últimas 24 horas (1.796), seguindo-se o Norte (1.600), o Centro (1.315), o Algarve (338) e o Alentejo (122).

Das 15 mortes, cinco ocorreram no centro, quatro em Lisboa e Vale do tejo, três no Algarve, duas no Norte e uma no Alentejo.

Por faixas etárias, nove pessoas que morreram tinham mais de 80 anos, cinco entre 70 e 79 anos e uma entre 60 e 69 anos.

O maior número de óbitos continua a concentrar-se entre os idosos com mais de 80 anos (12.102 do total de 18.587 mortos por covid-19 em Portugal desde o início da pandemia), seguindo-se as faixas etárias entre os 70 e os 79 anos (4.003) e entre os 60 e os 69 anos (1.695).

Há agora 62.834 casos ativos de covid-19 (mais 2.250 do que na terça-feira) e recuperaram da doença 3.021 pessoas, o que aumenta o total nacional de recuperados para 1.096.285.

Em relação a terça-feira, as autoridades de saúde têm mais 2.539 contactos em vigilância, totalizando 82.077.

Dos novos casos, 900 foram diagnosticados em pessoas entre os 40 e 49 anos, 796 entre os 20 e os 29 anos, 789 entre os 30 e os 39 anos, 676 entre os 50 e os 59 anos, 621 até aos nove anos, 573 entre os 10 e os 19 anos, 552 entre os 60 e os 69 anos, 287 entre os 70 e os 79 anos e 92 em maiores de 80 anos.

A região de Lisboa e Vale do Tejo registou desde o início da pandemia 449.953 casos e 7.866 mortes.

Na região Norte registaram-se 441.113 infeções e 5.676 óbitos desde o início da pandemia.

A região Centro tem agora um total acumulado de 166.941 infeções e 3.281 mortes.

O Algarve acumula 50.707 contágios e 538 óbitos e o Alentejo soma 43.205 contágios e 1.067 mortos por covid-19 desde março de 2020.

A Região Autónoma da Madeira contabilizou, nas últimas 24 horas, segundo a DGS, 81 novos casos, somando 15.462 infeções e 110 mortes, e os Açores 34 novos casos, totalizando 10.325 contágios e 49 mortes.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 1.177.706 pessoas - 628.508 mulheres e 548.378 homens -, indicam os dados da DGS, segundo os quais há 820 casos de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Entre as 18.587 pessoas que morreram com covid-19 em Portugal desde o início da pandemia, 9.742 eram homens e 8.845 eram mulheres.

A covid-19 provocou pelo menos 5.270.700 mortes em todo o mundo, entre mais de 266,54 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência de notícias France-Presse.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Uma nova variante, a Ómicron, classificada como “preocupante” pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi detetada na África Austral, mas desde que as autoridades sanitárias sul-africanas deram o alerta, a 24 de novembro, foram notificadas infeções em 57 países de todos os continentes, incluindo Portugal.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.