“Todos os utentes que nós temos aqui em lar [valência] estão negativos, mas temos ainda dois trabalhadores infetados. Além destes casos, nós temos dois utentes que estão hospitalizados, não sabemos se nesta altura estão infetados ou não, tendo falecido desde o início do surto na instituição nove utentes”, disse.

O surto no Lar da Santa Casa da Misericórdia de Fronteira foi detetado no final do mês de janeiro e infetou inicialmente 81 pessoas, entre utentes e funcionários.

A instituição contava até ao início do surto com um universo de 67 utentes e 54 funcionários.

“Ainda temos algumas cautelas para afirmar que este surto está resolvido”, acrescentou.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 2.419.730 mortos no mundo, resultantes de mais de 109,4 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 15.649 pessoas dos 790.885 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.