A Escola Básica do 2.º e 3.º Ciclos Roque Gameiro, na Amadora, confirmou à TSF o caso de infeção de uma professora com o novo coronavírus. A unidade de ensino já ativou um plano de contingência.

Trata-se da mulher que foi hospitalizada, esta quarta-feira, no hospital Curry Cabral, em Lisboa.

Recomendações da Direção-Geral da Saúde (DGS)

  • Caso apresente sintomas de doença respiratória, as autoridades aconselham a que contacte a Saúde 24 (808 24 24 24). Caso se dirija a uma unidade de saúde deve informar de imediato o segurança ou o administrativo.
  • Evitar o contacto próximo com pessoas que sofram de infeções respiratórias agudas; evitar o contacto próximo com quem tem febre ou tosse;
  • Lavar frequentemente as mãos, especialmente após contacto direto com pessoas doentes, com detergente, sabão ou soluções à base de álcool;
  • Lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir;
  • Evitar o contacto direito com animais vivos em mercados de áreas afetadas por surtos;
  • Adotar medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos; deitar o lenço de papel no lixo);
  • Seguir as recomendações das autoridades de saúde do país onde se encontra.

Esta mulher - na casa dos 40 a 49 anos - esteve na região da Lombardia, Itália, e desde que regressou tem estado a dar aulas. Nos últimos dias manifestou sintomas gripais e acabou por ser diagnosticada com o novo coronavírus.

A sua "situação é estável", segundo o boletim epidemiológico da Direção-geral da Saúde (DGS).

Alunos em isolamento

Fonte da escola adiantou à referida rádio que a direção da escola e as autoridades de saúde - médicos de Saúde Pública - estiveram reunidas, esta manhã, com os pais e encarregados de educação, tendo determinado que os alunos do 7.º ano irão ficar em casa em isolamento.

Os restantes alunos da escola vão continuar a ter aulas.

À RTP, a diretora-geral da Saúde confirmou à RTP que há "cinco turmas" em isolamento. Segundo a responsável, "os delegados de saúde estiveram na escola (esta manhã) para fazer, juntamente com a escola e com a comunidade educativa, a avaliação do risco", tendo optado por decretar o isolamento daqueles anos.

O COVID-19 é uma doença provocada por um novo coronavírus, que surgiu em Wuhan, na China, no final do ano passado.

A doença pode causar infeções respiratórias, como pneumonia, e provocou cerca de 3.200 mortos e infetou mais de 94 mil pessoas em 80 países, incluindo seis em Portugal.

Itália é o país mais afetado na Europa e o país anunciou hoje que todas as escolas e universidades encerram a partir de quinta-feira e até 15 de março como medida de precaução face à epidemia de COVID-19, que já provocou mais de 100 mortos no país.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou o surto de COVID-19 como uma emergência de saúde pública internacional e aumentou o risco para "muito elevado".

Veja em baixo o mapa interativo com os casos de coronavírus confirmados até agora

Se não conseguir ver o mapa desenvolvido pela Universidade Johns Hopkins, siga para este link.

Acompanhe aqui, ao minuto, todas as informações sobre o coronavírus (COVID-19) em Portugal e no mundo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.