"A Pfizer vai comprar a Trillium, uma especialista em imuno-oncologia (...) que desenvolve terapias inovadoras para tratar cancro", anunciou o grupo em comunicado divulgado na segunda-feira.

A operação, pela qual a Pfizer vai adquirir todo o capital da Trillium, representará um valor total de 2,26 mil milhões de dólares norte-americanos.

A Pfizer já estava presente na Trillium desde o ano passado, quando investiu 25 milhões no laboratório.

A área de imuno-oncologia (ou imunoterapia contra o cancro) explora a luta contra o cancro, usando o sistema imunológico do próprio paciente.

A Trillium, que se dedica especialmente ao tratamento de diferentes tipos de cancro no sangue, desenvolve duas moléculas, TTI-622 e TTI-621, que inibem um "ponto de controlo" dentro do sistema imunológico.

Esses pontos de controlo são uma parte essencial da resposta imunológica, porque evitam que ela seja excessiva e destrua as células saudáveis do corpo.

Também podem impedir, em função de como forem usados, o desenvolvimento de determinados tipos de cancro.

As duas moléculas desenvolvidas pela Trillium encontram-se na fase inicial de testes clínicos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.