De acordo com o boletim da DGS sobre a situação epidemiológica, desde o início da pandemia até hoje registaram-se 54.102 casos de infeção confirmados e 1.778 mortes.

A região de Lisboa e Vale do Tejo regista hoje mais 43 casos de infeção do que no sábado, com um total de 27.931 casos confirmados.

Regista também duas das mortes ocorridas nas últimas 24 horas. O outro óbito foi registado na região norte.

Portugal regista hoje 39.697 casos recuperados, mais 112 do que no sábado.

Nas últimas 24 horas o número de doentes internados em cuidados intensivos subiu dos 37 para os 39 e o total de doentes internados nos hospitais também subiu dos 320 para os 325.

Na região norte estão confirmados 19.473 casos de covid-19 desde o início da pandemia, 54 dos quais nas últimas 24 horas; a região centro contabiliza 4.585 casos confirmados (mais um); o Alentejo regista 823 casos confirmados (mais 12), e o Algarve 975 casos (mais 10).

Na região autónoma da Madeira contam-se 130 casos confirmados desde o início da pandemia (mais um nas últimas 24 horas) e nenhum óbito; e nos Açores foi registado mais um caso (185) e mantêm-se as 15 mortes.

Quanto aos óbitos registados, o norte mantém-se como a região com o total de mortes mais elevado, com 840 registos, o centro tem 253 mortes, a região de Lisboa e Vale do Tejo tem 631, o Alentejo 22 e o Algarve 17 mortos.

Portugal continua sem registo de mortes abaixo dos 20 anos e a faixa etária acima dos 80 anos continua a ser a mais atingida pela mortalidade por covid-19.

Quanto a casos confirmados, distribuem-se por todas as faixas etárias, sendo as idades até aos nove anos as menos afetadas por infeções.

As pessoas com a faixa etária entre os 30 e os 49 anos continuam a ser as mais afetadas, com 8.932 casos confirmados, seguido por 8.854 casos entre os 30 e os 39 anos.

Os dados indicam ainda que, do total das vítimas mortais, 895 são homens e 883 são mulheres.

Por faixas etárias, o maior número de óbitos concentra-se nas pessoas com mais de 80 anos (1.188), seguidas das que tinham entre 70 e 79 anos (347), entre 60 e 69 anos (159) e entre 50 e 59 anos (57).

As autoridades de saúde têm sob vigilância 35.742 pessoas e 1.226 (menos 37 do que na véspera) aguardam resultado laboratorial.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.