A Outra Metade é orgulhosamente diferente dos sites de encontros e apps de online dating mais conhecidos no mercado. Tal como a aposta em Portugal, é um site feito para nacionais, criando uma comunidade segura e coesa.

Mesmo sem um lançamento oficial e apenas ainda em fase de testes, já alcançou sucesso no país, o que demonstra a predisposição do público para os sites de encontros.

Um outro elemento diferenciador é o facto da descrição ser de carácter obrigatório, a fim de proteger os restantes utilizadores e de dar um maior peso às características de cada um, sem a necessidade de fotografias, podendo ser substituído por um avatar. Além da proteção total de dados e da privacidade - apenas é público o que cada utilizador permitir.

“Ainda em Portugal, quisemos inovar e construir um site com oportunidades para quem se quer relacionar a longo prazo, construindo ligações significativas e que fizesse frente aos sites normalmente destinados a pessoas menos maduras ou a quem procura relações mais frugais. Achámos que seria um bom percurso testar o mercado brasileiro fazendo alusão à outra peça do puzzle que falta para estarmos completos - assim nasceu o nome da plataforma que já conta com uma grande representação no Brasil, em especial em São Paulo - A Outra Metade” explica Rui Sousa, co-fundador do Felizes.pt.

A plataforma Felizes.pt foi desenvolvida em Portugal para preencher algumas lacunas existentes no mercado, desenvolvendo uma solução de acordo com as necessidades e características dos portugueses. Depois do rápido crescimento, em Portugal, os criadores do Felizes.pt apostam, em 2021, no mercado brasileiro, apresentando novas oportunidades ao público do país.

Em 6 anos de atividade, o Felizes.pt já juntou mais 13 mil casais juntos e tem 290 mil utilizadores, só em Portugal, apostando agora num segundo mercado em 2021, com um investimento feito de 150.000€.

Também a média referente à idade dos utilizadores é distinta das restantes aplicações no mercado, tendo um perfil de utilizador mais maturo, situando-se atualmente nos 39,5 anos no Brasil. Já em Portugal, a média é 41,4 anos, quando em 2018 se situava nos 38,5 anos e em 2020 nos 40 anos, idades estas superiores às dos tradicionais utilizadores de plataformas de online dating, cuja grande concentração se situa no intervalo 25-34 anos.

A Outra Metade, também disponível em app, conta com mais de 50 mil utilizadores no Brasil, esperando crescer para 200 mil utilizadores em 2022.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.