Os animais perigosos não o assustam e, com a ajuda dos cibernautas, prepara-se para publicar um livro com fotografias surpreendentes. Nascido em 1973, o holandês Matthijs Kuijpers teve os seus primeiros animais de estimação, um peixe e um porquinho-da-índia, quando tinha apenas três anos mas, assim que descobriu os répteis, nunca mais quis outros animais. Em criança, passava horas a admirá-los nas enciclopédias da vida animal.

Pouco depois de ter feito 18 anos, o fotógrafo, atualmente com 46, partiu rumo a Madagáscar para fotografar alguns dos exemplares da fauna local. A partir daí, nunca mais parou. Em abril deste ano, lançou uma campanha de crowdfunding para angariar cerca de 10.500 € para financiar "Cold instinct", a obra de 152 páginas que reúne as melhores imagens que conseguiu captar em quase 30 anos de carreira, que pode (re)ver de seguida.

Os internautas reagiram com entusiasmo ao apelo de Matthijs Kuijpers, que, com a ajuda de 393 financiadores cibernéticos, conseguiu angariar 32.728 €, quase o triplo do montante que pretendia para suportar os custos de desenvolvimento, de paginação e de impressão da obra. "Algumas das espécies incluídas são extremamente raras ou ainda não foram [oficialmente] descobertas e catalogadas", sublinha o site Reptiles4all.com.

Além do montante conseguido da campanha de angariação de fundos no Kickstarter, o fotógrafo holandês desenvolveu, em simultâneo, uma outra ação de crowdfunding no Indiegogo, que foi (muito) publicitada nas redes sociais, que também teve muito êxito. 37.374 € foi o valor que conseguiu com as doações de 446 admiradores do seu trabalho. No total, Matthijs Kuijpers conseguiu reunir 70.102 € para avançar com o projeto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.