Debra Messing defendeu publicamente o colega Alec Baldwin. O ator matou, acidentalmente, a Halyna Hutchins, de 42 anos, com uma arma de adereço que não deveria estar carregada durante as filmagens de 'Rust'.

A também atriz, de 53 anos, saiu em defesa de Baldwin, de 63, em resposta a um comentário de Benny Johnson, que escreveu no Twitter: "Alec Baldwin mata pessoa com arma, investigação criminal em andamento. Esta é a manchete exata".

"Absolutamente não. Foi-lhe entregue uma arma auxiliar. Ele usou-a na cena. Aconteceu um episódio trágico onde a Halnya Hutchins perdeu a vida e o Joel Souza ficou ferido. Estou a orar por todas as suas famílias", respondeu Debra Messing.

Esta foi uma das muitas reações que se espalharam nas redes sociais depois das notícias sobre o acidente. Além das muitas homenagens a Halnya Hutchins, também foram várias as menagens de apoio e preocupação com Alec Baldwin e Joel Souza (realizador que ficou ferido durante o acidente).

Leia Também: Alec Baldwin recebeu a indicação que a arma estava descarregada

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.