Parece que as declarações polémicas do príncipe Harry sobre a família real britânica não se ficaram pela entrevista que deu a Oprah Winfrey juntamente com a mulher, Meghan Markle.

Numa entrevista ao podcast de Dax Shepard - 'Armchair Expert' -, Harry falou dos motivos que o levaram a deixar o Reino Unido e a mudar-se para a Califórnia, Estados Unidos, onde aliás já comprou uma mansão.

Na visão do príncipe, o pai, o príncipe Carlos, perpetuou ao longo do seu crescimento um "ciclo" de "sofrimento e dor hereditária", algo que o próprio nunca quis para a sua vida.

"Ele tratou-me da maneira que foi tratado", disse do duque de Sussex, de 36 anos. "É uma imensa dor hereditária e sofrimento que foram transmitidos invariavelmente. Enquanto pais deveríamos fazer o que pudéssemos para tentar e dizer, 'sabes que mais? Isso aconteceu-me a mim e vou-me certificar que não vai acontecer contigo'", refletiu.

"[Mas] Aqui estou eu, mudei-me com a minha família para os Estados Unidos, não era este o plano, mas às vezes é preciso tomar uma decisão e colocar a família e a saúde mental em primeiro lugar", defendeu.

Leia Também: Príncipe Harry não queria que a família passasse pelo mesmo da mãe, Diana

Leia Também: Harry revela que um dos encontros com Meghan Markle foi num supermercado

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.