Foi através de uma publicação que fez na sua página de Instagram esta terça-feira, 25 de janeiro, que Mafalda Rodiles falou abertamente sobre os efeitos da pandemia da Covid-19, sobretudo em relação à saúde mental.

"Estamos há dois anos a viver com medo e não tem como isso não deixar efeitos permanentes em nós e nos nossos filhos. Há dias em que me sinto simplesmente esgotada, sem foco, tenho vontade de mudar de casa apenas para não ficar confinada pela 3.ª vez em 70m2 e sem uma varandinha, tenho vontade de viajar mas nem sei para onde", começou por desabafar.

"Os meus filhos já vieram para casa duas vezes por contatos de risco, eu já mandei a turma da Mel toda para casa quando apanhei Covid no final de 2020.
Este ano tive um contacto dia 27/12 e isso fez com que passasse a Passagem de Ano no sofá com os meus filhos a ver televisão", contou de seguida, falando depois sobre a "ansiedade" e o "medo".

"Este ano, pela primeira vez na vida, tive sintomas de um ataque de ansiedade", revelou. "Isto que relato é provavelmente parecido com o que quase todos nós sentimos. Alguns estão viciados em fazer testes, outros ficam claustrofóbicos em ambientes com muitas pessoas, temos medo de contagiar os nossos pais, temos medo que deixe sequelas nos nossos filhos, temos medo que nunca mais termine… O medo é perito em aprisionar-nos a mente e temos, sem dúvida, que lutar contra isso", acrescentou.

"'Amor, coragem e fé', palavras da querida Sofia do 'asnove' muito necessárias e em falta nos dias que correm. E sim, eu ainda acredito que tudo vai ficar bem", disse, por fim.

Leia Também: Mafalda Rodiles mostra-se sem maquilhagem. "Esta é a minha cara"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.