Atualmente, o príncipe Harry e Meghan Markle vivem numa mansão na Califórnia, EUA, juntamente com os filhos, Archie e Lilibet. No entanto, desde que iniciaram o seu relacionamento - já lá vão seis anos - o casal passou por várias propriedades.

Depois de ficarem noivos, Meghan mudou-se para o apartamento de dois quartos de Harry no Palácio de Kensington. No entanto, após darem o nó, queriam um espaço maior para criar uma família, por isso, fizeram um pedido à rainha Isabel II.

Segundo o jornal Sunday Times, os duques de Sussex pediram se poderiam viver no Castelo de Windsor.

Em declarações ao Express, o especialista Hugo Vickers refletiu sobre o motivo que levou a monarca a rejeitar o pedido.

"Havia quartos e suites vazias nos apartamentos privados no Castelo de Windsor nos quais os Sussex estavam de olho, ou talvez, num outro espaço perto do castelo que poderia ser convertido. Mas percebo que não era apropriado uma jovem família viver lá", notou.

Antes do nascimento de Archie, o casal mudou-se para a Frogmore Cottage. Dois anos depois decidiram começar um nova vida fora do Reino Unido.

Leia Também: Príncipe Harry "não é feliz" e está "longe da vida que queria" nos EUA

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.