Mariana Cabral, conhecida como Bumba na Fofinha, partilhou nas últimas horas na sua conta oficial de Instagram um desabafo onde fala sobre as dificuldades que enfrentou nos primeiros dias de pós-parto.

"Esta é a fotografia que enviei às minhas amigas no segundo dia de vida da Clara, completamente arrasada pela exaustão, maminhas em rosbife, gelo no pipi, cueca de rede, contrações daughters-of-biatches que chegaram atrasadas à festa, pavor existencial de vir a ter de precisar de mandar barrito por uma zona em obras (antes uma atividade que me aprazia tanto, como sabem) - e, a rematar este cenário festivo, uma pequena piranha esfomeada a abocanhar o ar e eu sem conseguir dar de mamar. Em agonia, a contar os minutos que me restavam até ter aquelas Gengivinhas Khan a assassinar os meus mamilos já em ferida", pode ler-se na legenda de uma fotografia na qual mostra uma lágrima a cair-lhe do rosto.

Bumba na Fofinha escreveu o seu relato com o objetivo de fazer um agradecimento à "equipa de enfermeiras" que cuidou de si no pós-parto.

"Se há bons e maus profissionais em todo o lado, eu tive uma sorte danada com as minhas. Passaram horas sem fim curvadas sobre a minha cabeceira a fazer malabares com estas bajengas, a arremessar mamilos para uma Clarinete pouco interessada no seu buffet all-you-can-eat, muitas vezes comigo a chorar de frustração ou a desistir de exaustão. Ouviram-me aos soluços a sentir que estaria a falhar como mãe por dar fórmula (eu sei, achamos sempre que não somos assim até nos tocar). Fizeram-me jiu jitsu mamário no duche durante a subida do leite, foram-se revezando no papel de pacientes professoras perante a minha total inexperiência, babysitters para eu poder dormir 20 minutos, psicólogas perante a minha frustração hormonal de que dar um biberão é um tudo ou nada e foram o mais próximo de irmãs/mães/amigas durante as fatídicas madrugadas em que está escuro, luzes, alma, tudo. Foram várias profissões numa só, e só agora entendo realmente porque devia ser um trabalho tão mais bem pago", declarou.

Em reposta a esta partilha, Ana Garcia Martins, 'A Pipoca Mais Doce', fez um comentário que parece na verdade ser uma farpa dirigida a Catarina Gouveia.

"Como assim, não temos foto de cabelo cacheado, suavemente disposto em cascata sob almofada de cetim, perna bronze-Maldivas e criança acabada de chegar em encomenda da Net a Porter???? Afinal há outro tipo de pós-parto??? Que não é assim tão fixe nem tão instagramável? Buuu para ti", declarou a digital influencer, que desta forma parece juntar-se à onda de críticas da qual Catarina foi alvo por ter escolhido uma fotografia onde surge bonita e serena para anunciar o nascimento da primeira filha.


© Reprodução Instagram

Leia Também: Jessica Athayde defende Catarina Gouveia após críticas a foto pós-parto

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.