Após a estreia de 'Eu, Georgina', documentário da Netflix, foram muitos os espetadores a mostrarem-se descontentes pelo facto de a namorada de Cristiano Ronaldo não aprofundar com mais detalhes a sua história de vida e a da sua família. Facto que levou a imprensa internacional a procurar saber mais sobre quem são, por exemplo, os pais de Georgina Rodríguez.

Jorge Rodríguez, pai da jovem modelo, foi traficante de droga e chegou a estar preso, revela o jornal The Sun.

O pai de Georgina terá cumprido 10 anos de prisão em Espanha por dois delitos relacionados com tráfico de droga.

Em 2003 foi condenado a 11 anos de prisão por estar a organizar o contrabando de uma elevada quantidade de cocaína de Espanha para França. Chegou a ser libertado em 2008, mas voltou para a cadeia devido a um crime semelhante. Em 2013 acabou por sair em liberdade.

Jorge Rodríguez morreu no seu país de origem, a Argentina, em 2019, devido a complicações relacionada com o AVC que sofreu dois anos e meio antes.

No seu documentário, Georgina mostra-se triste e saudosa com a partida do pai mas pouco ou nada revela sobre a relação de ambos.

A mãe de Georgina, que não aparece na produção da Netflix e nunca foi mostrada publicamente pela modelo, chama-se Ana Maria Hernandez. Apesar de ser espanhola, Ana vive atualmente em Itália e são muito poucas as informações sobre a sua vida.

Leia Também: Georgina Rodríguez arrasada após partilhar frase sobre "sorte na vida"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.