Com a morte do príncipe Filipe, chega também ao fim um carinhoso hábito para com a rainha Isabel II. O duque de Edimburgo era o único membro da família real que ainda tratava a monarca, com quem foi casado durante 73 anos, por Lilibet.

Foi o pai de Isabel II, George VI, quem lhe atribuiu a alcunha quando a rainha era ainda criança. Mais tarde, as únicas pessoas que a continuaram a tratar por Lilibet foram a mãe, a irmã, princesa Margarida, e o marido, príncipe Filipe.

O desaparecimento do companheiro colocou assim um ponto final na utilização deste nome no seio da família real britânica.

Recorde-se que, após a morte do duque, os reis de Espanha, Felipe VI e Letizia, escreveram uma carta endereçada a Isabel II na qual a trataram por Lilibet. Contudo, não é habitual que a monarca seja tratada desta forma por outras pessoas que não os seus familiares.

Leia Também: "Tia Lilibet". Felipe VI e Letizia enviam carinhosa carta a Isabel II

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.