Joana Albuquerque reagiu através da sua conta oficial de Twitter a uma notícia, publicada por uma revista nacional, que dava conta de que teria existido uma tentativa de acordo entre ela e Rui Figueiredo - no âmbito da queixa apresentada pela antiga concorrente do 'Big Brother' por alegadamente ter sido ameaçada.

"Nunca na vida esteve aberta a negociação à acusação, mas pelo que sei houve uma tentativa de anulação da queixa com pedido de desculpa público que logicamente rejeitei", assegura Joana.

Por seu turno, Rui Pedro Figueiredo usou igualmente as redes sociais para afirmar que nunca fez nenhuma tentativa de acordo.

"'Tentativa de anulação da queixa com pedido de desculpa público'. Mas é claro, há mentes férteis neste mundo", começou por declarar.

"Como é lógico e sabido, jamais toleraria isto, jamais aceitaria acordo. Não me identifico com a mentira, nem com pessoas perigosas. Portanto, tudo seguirá os parâmetros legais para julgar e penalizar a injúria e a mentira. Criminosos são para ser punidos", atira o empresário, prometendo fazer o processo avançar em tribunal.

Às suas palavras, Rui ainda acrescentou um artigo que afirma que "mentir é uma doença", mitomania.

Leia Também: Jéssica Antunes e Rui Figueiredo foram pais há uma semana

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.