O número total de casos desde o início da pandemia é de 4.892.640 e já faleceram 85.066 pessoas com a doença.

A incidência acumulada (contágios) continua a baixar, tendo diminuído de 177 (segunda-feira) para 161 casos (hoje) diagnosticados nos últimos 14 dias por cada 100.000 habitantes.

Nas últimas 24 horas deram entrada nos hospitais de todo o país 516 pessoas com a doença (455 na segunda-feira), das quais 91 em Madrid, 88 na Andaluzia e 83 na Catalunha.

Por outro lado, desceu para 5.584 o número de hospitalizados com covid-19 (5.776), o que corresponde a 4,7% das camas, dos quais 1.349 pacientes estão em unidades de cuidados intensivos (1.382), 14,7% das camas desses serviços.

Autoridades sanitárias de saúde irão hoje propor aos responsáveis das 17 comunidades autónomas, que têm autonomia nesta área, que os alunos vacinados não tenham de fazer quarentena depois de terem um contacto próximo com um positivo.

As comunidades de Madrid, Catalunha e Cantábria já tinham decidido que os alunos totalmente vacinados não tinham de se confinar em caso de um contacto próximo com um paciente positivo.

A covid-19 provocou pelo menos 4.574.225 mortes em todo o mundo, entre mais de 221,13 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 17.816 pessoas e foram contabilizados 1.048.941 casos de infeção confirmados, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil ou Peru.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.