Os serviços sanitários também notificaram mais 48 mortes atribuídas à pandemia durante o fim de semana, passando o total de óbitos para 79.953.

O número de novos casos desceu do fim de semana anterior para este de 11.067 para 9.732 e o de mortes de 91 para 48.

A incidência acumulada (contágios) também continua a baixar, passando de 124 (sexta-feira) para 122 casos diagnosticados por cada 100.000 habitantes nos 14 dias anteriores.

As comunidades autónomas com os níveis mais elevados são as do País Basco (296), Madrid (179), Andaluzia (172), La Rioja (175), Aragão (164), Navarra (131) e Catalunha (108).

Nas últimas 24 horas, deram entrada nos hospitais de todo o país 387 pessoas com a doença (485 na sexta-feira), das quais 89 em Madrid, 85 na Andaluzia e 47 na Catalunha.

Por outro lado, subiu para 4.858 o número de hospitalizados com covid-19 (4.813), o que corresponde a 4,9% das camas, dos quais 1.347 pacientes estão em unidades de cuidados intensivos (1.426), 14,0% das camas desses serviços.

Os serviços sanitários espanhóis também anunciaram hoje que 9,2 milhões de pessoas já estão completamente vacinadas contra a covid-19 (19,4% da população total), e 18,0 milhões têm pelo menos uma das doses (38,0%), em cerca de 47,3 milhões de habitantes que tem o país.

A pandemia de covid-19 provocou, pelo menos, 3.543.125 mortos no mundo, resultantes de mais de 170,2 milhões de casos de infeção, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.