Bella Hadid fez uma reflexão sobre relações que teve no passado. Tal aconteceu no podcast 'VS Voices', no qual a modelo e empresária, de 25 anos, revelou que já foi "abusada" no passado.

"Voltava constantemente para homens - e também mulheres - que tinham abusado de mim e foi aí que surgiu a necessidade de agradar às pessoas", notou.

"Comecei a não ter limites, não apenas a nível sexual, como fisicamente, emocionalmente e mais tarde no meu trabalho", revela.

"Não me queria associar a ninguém, não queria ter amigos, não queria ter família. Queria agradar às pessoas com o meu trabalho. Todas as opiniões me interessavam exceto a minha porque eu, essencialmente, estava a colocar o meu valor nas mãos dos outros", refere.

Bella revelou que não sentia que a sua voz tivesse valor, algo que apenas ultrapassou com a ajuda de terapia e meditação, assim como com um afastamento das redes sociais.

__

Se estiver a sofrer com alguma doença mental, tiver pensamentos auto-destrutivos ou simplesmente necessitar de falar com alguém, deverá consultar um psiquiatra, psicólogo ou clínico geral. Poderá ainda contactar uma destas entidades:

SOS Voz Amiga (entre as 16h e as 24h) - 213 544 545

Conversa Amiga (entre as 15h e as 22h) - 808 237 327 (Número gratuito) e 210 027 159

SOS Estudante (entre as 20h e a 1h) - 239 484 020

Telefone da Esperança (entre as 20h e as 23h) - 222 080 707

Telefone da Amizade (entre as 16h e as 23h) – 228 323 535

Leia Também: Bella Hadid deixou o álcool porque "já não se conseguia controlar"

Leia Também: Bella Hadid sobre lutas em relação à saúde mental. "Debilitantes"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.