Segundo o site de entretenimento TMZ, Kim processou em tribunal a iHandy Ltd., ou seja, os responsáveis pela aplicação de edição de fotos Sweet Camera. Esta é um app muito conhecida usada pelos utilizadores para colocarem maquilhagem nas suas selfies.

Ora, entre as várias ofertas aos consumidores, uma delas referia-se à foto de Kim Kardashian, uma vez que a empresária tem a sua própria linha de produtos de maquilhagem.

Acontece que a aplicação não tinha direitos de uso da imagem da socialite e agora poderá ter de pagar uma indemnização de 10 milhões de dólares.

Os advogados de Kim chegaram mesma a referir que os gestores da app "tiveram a audácia de ameaçar" a Kardashian, para que não avançasse com a queixa ou iriam persegui-la.

Para além dos 10 milhões, Kim também está a exigir à empresa todos os lucros que a empresa obteve ao usar a sua imagem.

Leia Também: Kim Kardashian atinge 150 milhões de seguidores e ultrapassa Kylie Jenner

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.