O estilista, octogenário, não desfilou na passerelle, como de costume, para cumprimentar o público sob a abóbada envidraçada do Grand Palais. No seu lugar surgiu a sua diretora de estúdio, Virginie Viard.

Embora um funcionário tenha anunciado que Lagerfeld participaria no segundo desfile, que acontece logo após o primeiro, uma porta-voz da Chanel disse à Agência France-Presse que o estilista de origem alemã também não esteve presente.

"Lagerfeld, que se sentiu cansado, pediu a Virginie Viard (...) para representá-lo e cumprimentar os convidados", informou a empresa em comunicado.

"Viard, como diretora do estúdio de criação, e Eric Pfrunder, como diretor de imagem da Chanel, continuam a acompanhá-lo e a garantir o acompanhamento das coleções e campanhas da marca", acrescentou o comunicado.

Viard, braço direito de Lagerfeld, já o acompanhara no último desfile realizado em outubro, quando os dois saíram para cumprimentar a plateia.

O estilista, conhecido pelo seu eterno rabo de cavalo e óculos de sol, transformou a moda nas últimas seis décadas, especialmente com as suas coleções para a Chanel, Fendi e a empresa que tem o seu nome.

Embora o próprio diga que não sabe ao certo em que ano nasceu, documentos oficiais citados pela imprensa alemã fixam a sua idade em 85 anos. "Nunca pensei em reforma", disse Lagerfeld em 2015.

Sejam bem-vindos à mansão da Alta-Costura da Chanel
Sejam bem-vindos à mansão da Alta-Costura da Chanel
Ver artigo

Para o desfile primavera-verão, a Chanel recriou uma impressionante mansão com jardim e piscina, dentro do Grand Palais.

Inspirada no século XVIII, a coleção é marcada por um estilo retro e cores pastel.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.