São muitos os jardineiros que, de um dia para o outro, se veem a braços com problemas inesperados. "As minhas roseiras estão a ser devoradas por pequenas lagartas verdes, os meus citrinos perdem folhas, a fruta amadurece mal e as flores ficam castanhas, pegajosas e sem fruto. Sempre que semeio algo, exércitos de formigas de diferentes tamanhos encarregam-se de levar as sementes", queixa-se Sérgio Figueiredo.

As lagartas verdes das suas roseiras são, na realidade, larvas de Arge rosae Himenóptero, que devem ser combatidas com um insecticida sistémico, à venda em hortos e em estabelecimentos especializados. Os citrinos são, muitas vezes, atacados por cochonilhas (Psedococcus citrii), que podem ser combatidas com tratamentos mensais com produtos anti-cochonilha, recomendam os jardineiros profissionais.

No que diz respeito às formigas, estas podem aparecer em zonas com ataques de pulgões ou cochonilhas. Quando controlar estas últimas, certamente as formigas desaparecem. De qualquer forma, recorra a um produto anti-formigas. No caso de ter dúvidas quanto ao que será mais adequado para o problema que tem em mãos, o ideal é procurar ajuda especializada, consultando os funcionários dessas lojas.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.