Jorge Gabriel vive esta quarta-feira, 19 de janeiro, um dia de emoções fortes. Completa-se um ano desde que perdeu o pai - data que o apresentador da RTP destacou nas redes sociais".

"Tal como há um ano, ocupei este dia o mais que pude. Foi assim que resisti à partida do sr. Fialho, o meu pai. Como nunca encontro palavras suficientes para lhe agradecer a vida, cito um poema que vi na 3.ª temporada da série 'After Life'", começou por escrever na legenda de uma imagem do pai.

E citou:

"'Não chores junto do meu túmulo,
Não é lá que estou.
Eu não durmo,
Eu sou mil ventos que sopram,
Sou o brilho diamantino da neve,
Sou a luz do sol que doira as espigas,
Sou a chuva suave de Outono
Quando acordas no silêncio da manhã,
Sou o frémito de inspiração
Das aves tranquilas que em roda voam,
Sou a ténue luz das estrelas à noite,
Não chores junto do meu túmulo,
Não é lá que estou,
Eu não morri'".

Leia Também: Jorge Gabriel toma vacina da Covid-19 e faz agradecimento especial

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.