As notícias não podiam ser piores para a realeza britânica. O príncipe André terá mesmo de ir a tribunal pelo caso de alegado abusos sexuais em que se viu envolvido depois de o juiz distrital de Nova Iorque, Lewis Kaplan, ter rejeitado a sua tentativa de anular o processo arquivando a queixa de acusação.

Depois de ouvir os argumentos dos advogados do filho de Isabel II, o juiz negou arquivar o processo movido por Virginia Giuffre - que acusa o duque de York de ter cometido crimes de agressão e abuso sexual quando esta ainda era menor.

A decisão judicial significa que o príncipe terá, ainda este ano, de enfrentar um julgamento pelo caso de abusos sexuais, informa a Sky News.

Virginia Giuffre, de 38 anos, acusa André, 61, de a forçar a ter sexo nas casas da socialite britânica Ghislaine Maxwell e de Jeffrey Epstein.

Leia Também: Advogados do príncipe André pedem arquivamento de queixa

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.