"O seu bebé já dorme a noite toda?" É uma pergunta bastante inocente – a menos que o seu bebé seja daqueles que acorda cada vez que pega no comando da televisão ou quando os pais decidem deitar-se. Se for esse o seu caso, coragem! Embora pareça, essas noites de insónia não durarão para sempre. Saiba aqui o que fazer para que o seu bebé durma profundamente e conheça alguns produtos que podem ajudar.

Estabeleça uma rotina

Já se escreveram livros e livros sobre os bebés e o sono, mas tudo se resume a uma estratégia: a rotina. "Normalmente, sugiro uma série de três ou quatro actividades para acalmar e que pode fazer todas as noites, sem falha", diz Jodi A. Mindell, directora adjunta do Sleep Disorders Center do Children's Hospital de Filadélfia e autora de Sleeping Through The Night: How Infants, Toddlers, and Their Parents Can Get a Good Night's Sleep. Até certa medida, mais importante do que o tipo de actividades que inclui na sua rotina, é o facto de as cumprir sempre. Por exemplo, pode optar por incluir o banho, uma massagem e uma história no seu ritual de dormir. Ou então pode alimentar o bebé, embalá-lo durante alguns minutos, colocá-lo no berço e, por fim, cantar uma canção antes de cada sesta e de o pôr a dormir à noite.
"É também importante não esquecer que, apesar de não saberem as horas, os bebés têm mesmo um relógio interno. Cumprir todos os dias um horário para as sestas e para a hora de dormir à noite ajuda a regular esse relógio e ajuda o bebé a adormecer rápida e facilmente", acrescenta Mindell. "Além disso, se esperar demasiado tempo para deitar o bebé, ele ficará excessivamente cansado e terá mais dificuldade em acalmar e adormecer".

O que pode ajudar:

Histórias de adormecer para acalmar. As melhores histórias para adormecer são ritmadas e incluem muitas repetições. Dará por si a sabê-las de cor e, a dada altura, até parece que as começará a cantar. Toalhas de banho macias. Envolver o bebé numa toalha macia após o banho pode ser um momento muito reconfortante da sua rotina. Uma forma de tornar os momentos após o banho ainda mais aconchegantes é colocar a toalha no secador de roupa durante alguns minutos para aquecê-la.

Poltrona deslizante ou cadeira de baloiço. Poucos objectos da parafernália dos bebés serão tão utilizados como uma cómoda poltrona deslizante ou uma cadeira de baloiço – e podem mesmo tornar-se uma componente essencial da sua rotina de deitar — quer simplesmente se deixe embalar, relaxar ou leia a sua história favorita. Uma cadeira de baloiço ou poltrona deslizante bem concebida é algo que nunca deixará de utilizar, quando o baloiço, a espreguiçadeira e a cadeira alta – e rotina de deitar do bebé – forem há muito coisa do passado.

Sugestão: leia histórias no quarto de dormir, se o tiver. Assim, a última parte da rotina de cada noite terá sempre lugar no quarto do bebé.

Não acordar o bebé

Alguns bebés mantêm sempre um sono tranquilo, mesmo que uma equipa de limpeza de carpetes entre pelo quarto a meio da sesta. Outros acordam mal entra no quarto em bicos de pés. Não pode insonorizar a sua casa nem suspender todas as suas actividades só porque o bebé está a dormir. No entanto, se o seu bebé tem sono leve, é natural que queira reduzir ao máximo o risco de perturbação (por ex. entrar no quarto para ver se está bem) e encontrar formas de o ajudar a dormir descansado apesar dos ruídos do dia-a-dia.

O que pode ajudar:
Um intercomunicador. Pode escolher o modelo mais básico, um transmissor simples que capta os ruídos do bebé e envia-os para um receptor que pode colocar em qualquer compartimento da casa. Ou então pode experimentar um modelo mais sofisticado que inclua funções como um termómetro, de modo a saber a temperatura no quarto da criança, ou um visor, para poder literalmente manter o bebé debaixo de olho em qualquer zona da casa. Se viver numa casa grande de dois andares, pense em adquirir um intercomunicador com dois receptores. Desse modo, pode deixar um no quarto e outro na cozinha ou na sala de estar.
"Ruído branco" e outros sons calmantes. O monótono "ruído branco" emitido por uma máquina, como uma ventoinha ou um humidificador, ajudam a disfarçar potenciais ruídos perturbadores — desde campainhas e telefones ao barulho dos irmãos ou de animais a ladrar. "Alguns bebés sentem-se reconfortados com sons repetitivos", informa a especialista do sono Mindell. Também existem máquinas especiais que imitem ruídos como as ondas do mar, o bater do coração ou o cantar dos grilos. Algumas são até disfarçadas como ursos de peluche ou ovelhas fofas que emitem sons semelhantes aos que o bebé ouvia dentro do útero.
Sugestão: É preferível usar uma ventoinha ou uma máquina que esteja sempre ligada ou que seja activada por movimento, do que uma máquina que se desligue passados alguns minutos. "Se o bebé se habituar a adormecer com algum ruído e se o quarto estiver silencioso quando acordar a meio da noite, será depois difícil voltar a adormecer", diz Mindell. continua

Obter a temperatura ideal
Acredite-se ou não, o bebé não precisa de um quarto absolutamente quentinho, diz Mindell. "Eu recomendo sempre um conforto a tender para o fresco", continua. Não existe uma temperatura fixa que funcione para todos os bebés mas, se o seu bebé acordar a transpirar, ou se as mãos e os pés estiverem frios, é necessário retirar ou acrescentar camadas de roupa, consoante o caso.
Vista o bebé com a mesma quantidade de roupa que escolhe para si, não esquecendo que ele não estará tapado com mantas nem um edredão, pelo que a T-shirt e o pijama ou babygrow polar têm de lhe proporcionar o calor adequado. Porquê? Mantas mais pesadas, colchas fofas em lã, mantas e edredões têm sido associados à síndroma de morte súbita do lactente, ou SMSL e, de preferência, não deverão ser utilizados em bebés com menos de 1 ano de idade.
O que pode ajudar:
Um saco de bebé. Se achar que o bebé necessita de uma camada por cima do babygrow, tente um saco de bebé — uma espécie de saco-cama concebido para manter o bebé quente, mas sem prender os movimentos. Não tem mangas e por isso os braços podem mover-se livremente. Além disso, tem um fecho no fundo e, assim, — ao contrário de uma manta solta — não pode ser afastado a pontapé nem deslizar para cima da cabeça do bebé (factor de risco de SMS). Os práticos fechos de correr facilitam a sua colocação ou remoção para mudar a fralda a meio da noite. É provável que queira vestir o bebé com um body de mangas compridas dentro do saco, a menos que seja uma noite mesmo quente e que ele lhe pareça mais confortável com os braços a descoberto.
Sugestão: para atenuar o choque do contacto com os lençóis frios do berço, aqueça uma botija de microondas ou encha uma botija de água quente com água morna (não quente) e coloque-a no berço cerca de 20 minutos antes de deitar o bebé. Retire-a antes de colocar o bebé na sua confortável cama previamente aquecida. Os lençóis de flanela também constituem uma superfície mais quente, e assim terá menos trabalho. continua

Manter o bebé por perto

Durante os primeiros meses, muitos pais sentem que é bom ter o bebé com eles no quarto. Isso facilita todo o processo de dar de mamar durante a noite e sentem-se mais seguros sabendo que o bebé está mesmo ali. Quanto já se tiver habituado a todas as novidades, poderá passar o pequenino para um berço no quarto de bebé.

O que pode ajudar:

Uma alcofa. O seu bebé pode dormir numa alcofa tradicional: uma cama pequena, normalmente com rodas, pensada para os bebés mais pequenos. Pode colocá-la no seu quarto ou em qualquer outro local da casa. Ou então pode comprar uma alcofa especial que se fixa à sua cama, criando um espaço contínuo entre si e o bebé, pelo que pode amamentar e cuidar do bebé sem necessidade de sair da cama.
Sugestão: tenha no seu quarto um cesto cheio de material de muda de fraldas e um pijama limpo, para não ter de pegar no bebé e levá-lo consigo para o quarto dele se precisar de mudar de fralda a meio da noite.

Ajudar o bebé a adormecer sozinho

Especialistas como Mindell insistem muito nesta questão: quando deitar o bebé, ele deve estar sonolento, mas acordado. Se se habituar a embalá-lo ou amamentá-lo até adormecer, o seu bebé acabará por exigir que o “ponha” a dormir e não aprenderá a adormecer sozinho. Uma forma de tornar mais suave a transição dos seus braços para a cama, é assegurar que o bebé se entretém a olhar para a alguma coisa enquanto adormece.

O que pode ajudar:

Mobile ou luz de presença. "Os bebés adoram olhar para alguma coisa quando estão no berço", diz Mindell. Existem dezenas de produtos que podem “entreter” o bebé na cama, desde imitações de aquários iluminados (embora, evidentemente, também possa instalar um verdadeiro numa cómoda ou mesa próxima) até luzes de presença que projectam padrões de estrelas no tecto e mobiles básicos que rodam e tocam música.
Sugestão: quando o bebé já se conseguir sentar, terá de retirar o mobile do berço. Em princípio não terá dificuldade em suspendê-lo no tecto, fora do alcance, para que o bebé possa continuar a olhar para ele, ou então sobre o mudador, para ajudar a mantê-lo sossegado enquanto muda a fralda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.