Chegado a casa depois de um dia intenso de trabalho, a única coisa que lhe apetece mesmo é relaxar. Imagine, por um instante, que a sua casa é um spa e que o momento de descontracção se inicia exactamente… agora! Comece por criar o ambiente, baixar a intensidade das luzes e encher a banheira de água. Et voilà, um relaxamento puro e uma experiência inesquecível sem sair de casa.

Crie o ambiente certo

Transformar a sua casa de banho num irresistível espaço zen é uma tarefa bem menos complicada do que pode imaginar. Para isso, basta decorá-lo e perfumá-lo bem ao gosto oriental. Velas aromáticas, incensos, bambus e flores são alguns dos utensílios de que irá precisar. A terapeuta de spa Joana Vale recomenda por isso, que «enquanto prepara o banho, coloque algumas velas por todo o recinto».

«Perfumadas ou não, as velas são indispensáveis para criar o ambiente desejado, eliminando também a necessidade de recorrer a qualquer iluminação», explica a especialista. Para além das velas, pode também apostar nas potencialidades da aromaterapia e «colocar num queimador de incenso, juntamente com água, quatro a seis gotas do óleo essencial para relaxar». «Aconselha-se a lavanda, sândalo ou manjerona», refere.

E, para um ambiente perfeito, não se esqueça de acompanhar este momento com uma música serena e tranquila. «A musicoterapia ativa a mente, estimula a criatividade, produtividade e inteligência, para além de ser um óptimo antidepressivo natural», diz ainda. Se preferir, pode sempre «optar pelo silêncio, uma vez que é perfeito para esquecer tudo e aliviar as tensões criadas ao longo do dia», sugere Joana Vale.

Prepare o banho

Esta fase é fundamental para que a sua experiência seja um sucesso. Se o objetivo é mesmo relaxar, terá de optar por uma temperatura de água mais quente, que a permita descontrair por completo. «Recomenda-se que a água esteja a uma temperatura entre os 35 e os 40 graus, de modo a que o banho tenha um efeito verdadeiramente relaxante. Esta é a temperatura ideal para atingir um relaxamento total do corpo e da mente, ajudando a descontrair os músculos e melhorando a respiração, aliviando também o stress e a tensão acumulada», explica a especialista.

«Um bom banho de imersão reduz ainda os níveis de nervosismo, tristeza e agressividade, excelente para quem sofre de insónias», afiança Joana Vale. Por outro lado, se o que pretende é ganhar novas energias e tonificar- se, «deve então optar por uma temperatura de água abaixo dos 35 graus, para estimular a circulação e aumentar os níveis de energia», conclui Joana Vale.

Veja na página seguinte: Rituais de relaxamento para um banho regenerador

Rituais de relaxamento para um banho regenerador

Chegada a hora de mergulhar nas águas zen, é hora de cuidar de si. Durante o banho, aproveite para colocar uma máscara hidratante específica para o seu tipo de cabelo e fazer uma esfoliação corporal e facial. «Com uma esponja ou luva de crina, deverá realizar movimentos ascendentes e descendentes para ajudar a eliminar as células mortas», aconselha. Quanto ao esfoliante, «pode sempre optar por um produto natural à base de açúcar mascavado, mel e óleo de grainha de uva e não se esqueça de o aplicar também nas mãos e nos pés», refere Joana Vale.

Aproveite ainda o banho para colocar uma máscara facial adequada ao seu tipo de pele e, durante o tempo de espera, «coloque umas rodelas de pepino sobre os olhos, como se fossem compressas, para produzirem o seu efeito descongestionante. Depois, é só relaxar», aconselha Joana Vale. O ideal é reservar um momento para si quando não estiver mais ninguém em casa e preferencialmente com o telemóvel no modo silencioso.

Após o banho

Este é o momento ideal para aplicar cremes e loções, quer corporais, quer faciais, «pois a pele exfoliada tem um maior poder de penetração do produto, potenciando o seu efeito», refere Joana Vale. A hidratação é, nesta fase,fundamental, podendo sempre optar por cremes ou loções que contenham mel, pois trata-se de um excelente hidratante. Outro componente importante é o aloé vera, muito eficaz para hidratar intensamente a sua pele.

Não esqueça que «a aplicação da loção ou creme corporal deverá ser feita sempre em movimentos ascendentes para contrariar a gravidade. Se for a aplicação de um anticelulítico, deverá realizar uma massagem mais vigorosa e localizada nas zonas a tratar», refere a terapeuta. Depois do corpo, não esqueça o seu rosto: «O creme facial deverá ser sempre o adequado ao estado e tipo de pele. E nunca esquecer o contorno de olhos». Após todo este ritual, prolongue o momento de relaxamento, bebendo um chá à base de lúcia-lima e maracujá e meditando. O tempo é todo seu.

Texto: Raquel Pires com Joana Mongueira Vale (terapeuta de spa)

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.