Quando as minhas clientes me contactam a primeira vez, oiço muitas vezes afirmações como: “preciso mesmo de definir um estilo” ou “o meu estilo é uma confusão”. Também é uma dúvida que se coloca constantemente? Sente que não tem um estilo bem definido e isso deixa-a frustrada?

Essa sensação é muito mais comum do que pensa e o meu maior conselho é que não tente definir o seu estilo pessoal de forma tão objetiva e rígida. Ou seja, não tente catalogar o seu estilo e manter-se fiel a este para todo o sempre.

Tenha sempre em conta que o estilo pessoal de cada mulher é tão único e especial como a mulher em si. O estilo pessoal de cada mulher reflete, na maioria dos casos, a mistura de vários estilos conjugados entre si de acordo com vários fatores.

Os fatores principais que afetam o estilo pessoal são:

  • Gosto pessoal;
  • Idade;
  • Rotinas diárias;
  • Vivências.

Ou seja, o estilo pessoal não é de todo rígido, nem sequer intemporal. Todos os fatores que referi mudam ao longo da vida, por isso é normal que o seu estilo também vá mudando. Também não é algo que se crie de forma automática. É um processo que demora o seu tempo, dependendo de cada pessoa.

Valerá a pena o esforço, está neste momento a perguntar-se? Vale sim!

O seu estilo deverá ser:

  • A aceitação de si mesma;
  • Uma expressão da sua identidade;
  • Uma parte importante da sua auto-estima e auto-confiança.

Se pensar no quão importantes são estes aspetos, descobrirá o quão importante é o estilo pessoal. Tenha em conta os cinco passos essenciais para ter um estilo fantástico:

1. CONHEÇA O SEU CORPO

Conhecer o corpo, as suas proporções e características é o primeiro e mais importante passo a dar. Saber que peças a favorecem, como tirar o melhor partido dos seus pontos fortes e como disfarçar os pontos menos fortes, sendo totalmente fiel ao seu gosto e personalidade.

Só assim conseguirá estar totalmente feliz e confiante com o seu estilo.

2. LIMPE O SEU GUARDA-ROUPA

Para verdadeiramente perceber o que tem de fazer a partir de agora, precisa de ter a noção do que tem no seu guarda-roupa e do que realmente faz sentido manter. Muito provavelmente terá peças a mais, tais como roupa que já não lhe serve ou já não está em bom estado.

Além disso, confirme também se a roupa faz sentido no seu atual estilo de vida (rotinas diárias). É necessário saber avaliar as suas atividades diárias e estilo de vida para saber que roupa melhor se adapta. Se tem um emprego bastante formal com um dress code rígido, de que serve ter uns 15 pares de calças de ganga? Se está muito tempo de pé durante o dia, não vale a pena ter uns 15 sapatos de salto agulha. Está a perceber a ideia, certo?

Deve ter no seu guarda-roupa peças que a favorecem, que estão em bom estado e que se adaptam às suas rotinas e gosto pessoal.

3. CONSTRUA UM GUARDA-ROUPA FUNCIONAL E PRÁTICO

Este passo merece muita atenção. A construção do seu guarda-roupa é algo que deve ser bem ponderado, pois irá definir o seu estilo daí para a frente.

Algumas dicas essenciais:

  • Estar muito bem organizado e arrumado, de forma a ser mais apelativo visualmente e ser mais funcional no dia a dia;
  • Conter apenas peças que adora e a favorecem. Só assim garante que não tem peças que jamais vai usar e só ficam a ocupar espaço;
  • Ter maioritariamente bons básicos neutros, pois são fáceis de conjugar e muito versáteis;
  • Ter algumas peças statement que a façam sentir “UAU”.

4. PROCURE INSPIRAÇÃO

A "educação visual" é muito importante. Ver outras mulheres e o que elas usam vai ajudá-la imenso a inspirar-se para construir os seus looks. Pode procurar em revistas de moda, montras e sites de lojas de roupa, blogs e na rua. Inspire-se, experimente, divirta-se e adapte ao seu gosto e estilo.

5. FAÇA COMPRAS CONSCIENTES

Para bem da sua carteira é necessário saber fazer compras conscientes. Comprar peças que realmente precisa, adora, se adaptam às suas rotinas e a favoreçam. Aproveite os saldos para comprar aquelas peças que anda a "namorar" e/ou aquelas peças básicas intemporais que são naturalmente um pouco mais caras, tais como um bom casaco, uns bons sapatos.

CONCLUSÃO

Estes são os primeiros passos a dar para começar a desenvolver um estilo pessoal fantástico, autêntico e que lhe dará confiança. Este processo deverá ser feito ao seu ritmo, mas com muito entusiasmo. Aprenda, experimente, arrisque e, acima de tudo, divirta-se!

O resultado final será o seu estilo, a sua marca no mundo!

Conheça também 12 dicas a ter em conta numa entrevista de emprego.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.