O Museu da Maquilhagem (que estava previsto abrir em maio deste ano em Nova Iorque, mas impedido pela pandemia) revela imagens de um novo arquivo digital de diários mantidos entre 1983 e 1994 pelo lendário maquilhador Kevyn Aucoin.

Aucoin trabalhou extensivamente com fotógrafos icónicos como Steven Meisel, Richard Avedon, Irving Penn, Peter Lindbergh, Herb Ritts e Francesco Scavullo. Com modelos como Cindy Crawford, Linda Evangelista, Claudia Schiffer, Paulina Porizkova e celebridades como Gwyneth Paltrow, Tina Turner, Liza Minnelli e muitos outros.

Os diários de Aucoin narram a sua vida e obra, com imagens dos bastidores das sessões de fotos da revista VOGUE e marcas como Shiseido, Chanel e Revlon.

"Embora o Makeup Museum ainda não possa abrir as suas portas na cidade de Nova Iorque, os nossos esforços para preservar artefactos históricos de maquilhagem e partilhar joias da história da maquilhagem com o público são essenciais para a nossa missão de educar, inspirar e celebrar todas as coisas bonitas", disse Doreen Bloch, Diretora Executiva e Co-Fundadora do Museu.

Aucoin (nascido em 1962 em Shreveport, Louisiana) mudou-se para Nova Iorque no início dos anos 80, onde logo foi contratado como maquialhdor principal pela revista VOGUE.

Antes da sua morte prematura em 2002, aos 40 anos, Aucoin havia trabalhado com inúmeras modelos, celebridades e figuras da cultura pop e publicou livros de renome mundial sobre arte da maquiagem, incluindo "The Art of Makeup", "Makeup Faces" e "Face Forward".

Ao longo da sua vida, Aucoin manteve diários semelhantes a recados para documentar as suas reuniões, contactos, destaques de carreira e marcos pessoais. Sete diários, um de 1983, 1984, 1987, 1989, 1994 e dois de 1993, foram cuidadosamente guardados pela sua família.

Devido aos desafios com a conservação de documentos em papel, o Makeup Museum trabalhou com a família para criar um arquivo digital das revistas para garantir a preservação deste importante conjunto de artefactos históricos.

As imagens de página inteiras dos diários nunca foram publicadas antes e as polaroid representam imagens únicas de sessões de fotos com os fotógrafos mais icónicos do mundo.

Os diários também serviram como um espaço para guardar recordações de diversos momentos significativos na vida de Aucoin, como o seu passe para os bastidores da 66º Edição dos Oscares em 1994, o seu bilhete no Madison Square Garden para o concerto de Barbra Streisand, um recorte de jornal de um artigo sobre os seus pais e a fundação da PFLAG na sua cidade natal, autocolantes dos direitos dos animais, cartões de aniversário e fotografias de família.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.