Vários espaços culturais divulgaram hoje à tarde, pela mesma hora, comunicados nos quais dão conta do cancelamento ou do adiamento de iniciativas agendadas para este mês.

A Culturgest anunciou “o cancelamento dos seus eventos públicos de [quinta-feira] 12 de março até 3 de abril de 2020, na sequência das recomendações e orientações da Direção-Geral da Saúde para contenção da disseminação do novo coronavírus (COVID-19), e de acordo com o seu plano de contingência”.

Todos os espetáculos e atividades afetados por esta medida “serão, dentro do possível, reagendados para datas futuras”.

A conferência de Daniel Christian Wahl, agendada para sexta-feira, “será transmitida em 'live streaming’” e as exposições patentes na Culturgest Lisboa, de Álvaro Lapa, e na Culturgest Porto, de Elisa Strinna, “continuam abertas ao público”.

A Culturgest esclarece que “a solicitação de reembolso ou troca de bilhetes devem ser feitas nos locais de compra a partir do dia 12 de março”.

O espaço Rua das Gaivotas 6, projeto do Teatro Praga, decidiu “encerrar as atividades ao público até ao dia 03 de abril”.

“Estas medidas estão sujeitas a avaliação permanente e podem vir a ser alteradas”, lê-se num comunicado divulgado por aquele espaço.

O Maus Hábitos – Espaço de Intervenção Cultural no Porto optou pelo “fecho dos concertos e festas (DJ set)”.

“Não pretendemos alinhar em atitudes alarmistas, mas consideramos essencial que cada um dê o seu contributo para estancar o problema com que nos deparamos como coletividade. Neste sentido, e após diálogo com todos os nossos parceiros, decidimos juntar-nos às demais entidades e equipamentos culturais da cidade, cessando as suas atividades de concertos e festas na sala de concertos, a partir de hoje até ao dia 26 de Março”, refere o espaço num comunicado hoje divulgado.

Apesar disso, o Maus Hábitos irá manter o restaurante “a funcionar normalmente”, e encerrará o espaço “às duas da manhã, impedindo, no entanto, a aglomeração de pessoas nos pátios e corredores”.

Também no Porto, o Teatro Sá da Bandeira decidiu “suspender e reagendar os espetáculos da Sala Principal do e da Sala Estúdio Latino até dia 24 de Março”.

Segundo aquele equipamento, o espetáculo "Lugar Estranho" passa de 13 de março para 22 de maio, "Janela de Aluguer" muda de 13 de março para data a definir, o espetáculo da academia de dança Sabor Latino muda de 14 de março para dia 11 de abril, "O Gato das Botas", de 15 de março para 19 de abril, "Os Piratas Também Se Apaixonam", de 15 de março para data a definir, "7Estacas.zip", de 21 de março passa para 01 de outubro, "Aliceee", de 22 de março para data a definir, “O Aladino”, de 22 de março para dia 24 de maio, e “Palavras de Pausa”, de dia 24 de março para data a definir.

“Os bilhetes já adquiridos para cada um dos espetáculos serão válidos para as novas datas e quem desejar o reembolso tem até 30 dias após a data do mesmo para o solicitar no local onde os bilhetes foram adquiridos”, refere o teatro.

Na mesma cidade, o Hard Club, “em coordenação com as medidas já anunciadas pela Câmara Municipal do Porto, decidiu adiar/cancelar todos os eventos das salas de espetáculos até ao dia 03 de abril de 2020”.

“É de nossa responsabilidade social suspender todas as atividades culturais de eventos para que possamos, em sociedade, contribuir para a erradicação desta nova ameaça”, refere aquele espaço.

Também na Invicta, o Pérola Negra avisa que “os eventos deste fim-de-semana serão cancelados por uma questão de prevenção, sendo a cidade do Porto um dos principais centos epidémicos do Covid-19”.

Já o GarePorto decidiu “fechar portas”. “Os eventos marcados para este fim de semana foram adiados para data a indicar brevemente e o valor dos bilhetes já adquiridos será devolvido, durante o dia de hoje, a todos os compradores”, lê-se num comunicado hoje divulgado.

O Gnration, em Braga, optou pelo “encerramento ao público e suspensão da programação até 05 de abril”.

“Oportunamente, indicaremos quais os espetáculos e atividades que serão reagendados”, refere aquele espaço em comunicado.

O Centro Cultural da Malaposta, em Loures, anunciou “a suspensão das suas atividades ao público a partir do dia 16 de março, e até ao dia 31 de março de 2020”.

O espaço ressalva que “o espetáculo ‘Beatriz a Infeliz’ mantém a sua data de estreia esta quinta-feira, e as sessões já agendadas: de 12 a 15 de março, quinta a sábado, às 21:00, e domingo, às 16:00, na Sala Experimental”.

O Governo português recomendou a suspensão de eventos em espaços fechados com mais de mil pessoas e em espaços abertos com mais de cinco mil.

A epidemia de Covid-19 foi detetada em dezembro, na China, e já provocou mais de 4.300 mortos em 28 países e territórios.

Em Portugal, a DGS atualizou hoje o número de infetados, que registou o maior aumento num dia (18), ao passar de 41 para 59.

O boletim divulgado hoje assinala também que há 83 casos a aguardar resultado laboratorial e 3.066 contactos em vigilância, um aumento face aos 667 divulgados na terça-feira.

No total, desde o início da epidemia, a DGS registou 471 casos suspeitos.

O Conselho Nacional de Saúde Pública está reunido hoje à tarde para discutir medidas de contenção do surto de Covid-19, incluindo a possibilidade de antecipação das férias escolares da Páscoa.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.