Desde o início da pandemia, em março de 2020, 1.001.118 casos de infeção pelo novo coronavírus foram diagnosticados em Portugal, de acordo com o boletim epidemiológico da DGS.

Nas últimas 24 horas, Portugal registou 12 mortes atribuídas à doença covid-19, o que eleva o número total de óbitos para 17.549.

A maior parte das novas infeções estão repartidas pela zona de Lisboa e Vale do Tejo (901 novos casos) e pelo Norte (915 novos casos).

Hoje estão internadas em enfermaria menos cinco pessoas, num total de 727 pacientes, e menos uma em unidades de cuidados intensivos (UCI), onde agora se encontram 161 doentes com covid-19.

Os óbitos hoje contabilizados ocorreram na região de Lisboa e Vale do Tejo (7), na região do Algarve (3), Centro (1) e nos Açores (1).

As 12 mortes dizem respeito a pessoas com idades compreendidas entre os 40 anos e mais de 80 anos.

Uma das vítimas mortais hoje contabilizadas foi um homem com idade compreendida entre os 40 e os 49 anos, com os grupos etários 50-59 e 60-69 anos a registarem, respetivamente, um óbito (uma mulher e um homem).

As restantes nove vítimas mortais associadas à doença covid-19 – três homens e seis mulheres – pertenciam a grupos com idades superiores aos 70 anos.

No balanço desde o início da pandemia, o maior número de óbitos continua a concentrar-se nos idosos com mais de 80 anos, seguidos da faixa etária entre os 70 e os 79 anos.

Do total de vítimas mortais registadas, até à data, em Portugal 9.215 eram homens e 8.334 mulheres.

Os dados divulgados pela DGS mostram também que estão ativos menos 262 casos, para um total de 44.193, e que 2.821 pessoas foram dadas como recuperadas nas últimas 24 horas, o que aumenta o total nacional para 939.376 recuperados.

Nas últimas 24 horas, o número de contactos em vigilância pelas autoridades de saúde decresceu (menos 738), situando-se nos 56.385.

O novo coronavírus já infetou em Portugal pelo menos 460.665 homens e 539.761 mulheres, segundo mostram os dados da DGS.

A entidade informa igualmente a existência de 692 casos de infeção em pessoas de sexo desconhecido, que se encontram sob investigação, uma vez que esta informação não é fornecida de forma automática.

Sobre a caracterização etária dos novos casos de infeção confirmados, é nos jovens entre os 20 e os 29 anos (homens e mulheres) que se registaram mais casos, com mais 720 infetados nas últimas 24 horas.

Seguem-se as faixas etárias entre os 10 e os 19 anos (540 novos casos) e entre os 30 e os 39 anos (372 novos casos).

O índice de transmissibilidade (Rt) do novo coronavírus SARS-Cov-2 em Portugal (a nível nacional) - que estima o número de casos secundários de infeção resultantes de uma pessoa com o vírus - mantém-se em 0,95 e a taxa de incidência de casos de infeção por 100.000 habitantes nos últimos 14 dias está, também a nível nacional, nos 319,9.

Os dados do Rt e da incidência são atualizados à segunda-feira, quarta-feira e sexta-feira.

Na região de Lisboa e Vale do Tejo foram notificadas 901 novas infeções, contabilizando-se até agora nesta área geográfica 390.890 casos e 7.509 mortos.

A região Norte observou 915 novas infeções por SARS-CoV-2, totalizando 386.354 casos de infeção e 5.465 óbitos desde o início da crise pandémica.

Na região Centro registaram-se mais 281 casos, perfazendo 133.297 infeções e 3.057 mortos.

No Alentejo foram assinalados mais 118 novos casos de infeção, totalizando 35.242 contágios e 997 mortos desde o início da pandemia.

Na região do Algarve, o boletim de hoje da DGS informa que foram registados 286 novos casos, acumulando-se 36.134 contágios pelo SARS-CoV-2 e 410 óbitos.

A região Autónoma da Madeira contabilizou 41 novos casos, somando 11.071 infeções e 72 mortes devido à doença covid-19 desde março de 2020.

Nas últimas 24 horas, e segundo a DGS, os Açores apresentaram 29 novos casos, o que eleva para 8.130 contágios desde o início da pandemia. O número de óbitos situa-se nos 39.

As autoridades regionais dos Açores e da Madeira divulgam diariamente os seus dados, que podem não coincidir com a informação divulgada no boletim da DGS.

A covid-19 provocou pelo menos 4.333.013 mortes em todo o mundo, entre mais de 205,3 milhões de infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse, divulgado na sexta-feira.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.