“Basta haver alguma negligência, algum relaxamento, o que é normal nesta fase, para termos um aumento de casos. Hoje vamos chegar a quase 50”, revelou Miguel Albuquerque, falando aos jornalistas à margem da inauguração do novo espaço de uma loja de decoração, no Funchal.

O governante rejeitou preocupação, mas apelou para o cumprimento das regras em vigor e para a toma da terceira dose da vacina por parte daqueles “que já estão em condições para o fazer”.

“Evidentemente, os casos não têm tanta gravidade como no passado porque a maioria são pessoas vacinadas, mas há faixas etárias que continuam a ser muito vulneráveis, portanto temos de continuar a ter muito cuidado”, advertiu.

Miguel Albuquerque disse ainda esperar que não haja recuo nas medidas de alívio em vigor, reiterando que é necessário “continuar a manter procedimentos de precaução e de prevenção”.

A Madeira registou na segunda-feira 29 novos casos de covid-19, segundo o último boletim epidemiológico diário emitido pela Direção Regional da Saúde.

De acordo com os mesmos dados, a região conta com 178 casos ativos, num total de 12.138 confirmados desde março de 2020.

A covid-19 provocou pelo menos 5.003.717 mortes em todo o mundo, entre mais de 247,03 milhões infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

Em Portugal, desde março de 2020, morreram 18.171 pessoas e foram contabilizados 1.091.592 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.