Uma mulher de 56 anos, que recentemente regressou da Europa, teve teste positivo dez dias depois de passar por uma quarentena obrigatória de duas semanas. A paciente tinha apresentado sintomas do novo coronavírus alguns dias antes de ser testada.

As autoridades lançaram uma busca ativa de casos de contacto, já que a mulher e o marido passaram vários dias na região Northland, no norte do arquipélago, quando era potencialmente contagiosa e teria visitado cerca de 30 lugares.

O ministro da Saúde neozelandês, Chris Hipkins, disse que ainda é muito cedo para decidir se um confinamento total ou parcial deve ser implementado novamente.

Desde 18 de novembro, o país não registava qualquer caso local de contágio. A Nova Zelândia tem sido amplamente elogiada pela sua administração da pandemia, com 25 mortes atribuídas à covid-19 e 1.927 casos confirmados de uma população total de cerca de cinco milhões.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.