Felizmente, a ciência tem encontrado cada vez mais repostas, quer na prevenção, aconselhando-nos a estar sempre vigilantes e a ter uma vida saudável, quer com a possibilidade de tratamento em muitas das situações.

O tratamento do cancro depende da localização do tumor, estágio, comorbilidades e condição clínica do paciente. As 3 modalidades de tratamento mais utilizadas no tratamento do cancro são a quimioterapia, a cirurgia e a radioterapia sendo que cerca de 70% dos pacientes com diagnóstico de cancro realizam radioterapia em algum momento do tratamento.

Embora todas as modalidades de tratamento possam causar sequelas, a radioterapia é o tratamento isolado ou em conjunto com a cirurgia, que pode causar mais sequelas nos sobreviventes de cancro.

As lesões mais comuns, são as lesões de partes moles com pacientes com cancro de mama ou tumores nos membros, que evoluem com feridas crónicas que não cicatrizam; cistite (inflamação crónica da bexiga) retite, proctite e enterite (inflamação no reto, ânus e alças intestinais), em pacientes com tumores na zona da bexiga e abdominal; boca seca, perda do paladar, dor orofacial, nos pacientes com tumores de cabeça e pescoço, e danos cognitivos nos pacientes com tumores cerebrais.

Tratamento de lesões constitui um desafio na prática médica. São lesões crónicas, debilitantes e de difícil tratamento

O tratamento com Oxigenoterapia Hiperbárica tem grande utilidade no tratamento das lesões decorrentes da radioterapia por promover a melhoria da oxigenação na região dos tecidos previamente sujeitos a radiação, resultando numa neovascularização e aumento da velocidade de cicatrização.

O aporte de Oxigénio que circula na corrente sanguínea favorece condições para que as funções de defesa locais voltem a funcionar causando um efeito anti-infecioso e anti-inflamatório.

Muitas das pessoas que sofrem de patologias resultantes de Sequelas pós-Radioterapia desconhecem este tipo de tratamento adjuvante. Muitas vezes os testemunhos são o melhor que temos, pelo que transcrevo um testemunho de um paciente do Centro Hiperbárico de Cascais com recuperação da sua qualidade de vida:

“Graças ao Centro hiperbárico de Cascais todos os problemas que eu tinha, nomeadamente lesões no intestino e outras complicações derivadas da doença oncológica que tenho desapareceram no final das 20 sessões. A minha qualidade de vida melhorou significativamente. O meu sincero agradecimento a todos/as os/as excelentes profissionais que trabalham neste Centro. Sem a medicina hiperbárica estaria condenado a uma vida de dor e sofrimento característica de quem sofre de uma doença oncológica" - Testemunho de Carlos Cardoso

O Centro Hiperbárico de Cascais é à data, o primeiro e o único centro privado com câmaras monolugares exclusivamente direcionado para a Medicina Hiperbárica e com registo na Associação Europeia e com credenciação da Entidade Reguladora da Saúde.

Neste Centro encontra uma equipa altamente especializada, com competência em Medicina Hiperbárica dada pela Ordem dos Médicos e ampla experiencia nas mais variadas aplicações deste tipo de tratamento.

Nunca é demais lembrar que devemos ser vigilantes e que tendo a infelicidade de nos cruzarmos com esta doença, desejamos que a ciência encontre formas de ultrapassar e de melhorar a qualidade de vida de quem viveu esta provação.

Texto: Maria Luís Gameiro - Direção do Centro Hiperbárico Cascais

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.