Uma excelente forma de ampliar a visibilidade online de uma empresa é partir de uma estratégia de marketing de conteúdo. Mas para alcançar o seu objetivo, muitos fatores são indispensáveis. Entre eles, precisa de um ótimo planeamento e de um calendário editorial.

O planeamento inclui, entre outras coisas:

  • Programação de divulgação nas redes sociais;
  • Frequência de produção;
  • Frequência de publicação de conteúdos noutras plataformas;
  • Definição de datas para o lançamento de campanhas.

Porém, não se trata apenas de publicar determinado conteúdo em determinado local. Para alcançar o sucesso na estratégia desenvolvida, é necessário ter um planeamento.

E, para que se possa organizar e saber sempre o que fazer, nada melhor que desenvolver um calendário editorial. Mas o que é um calendário editorial mensal? Qual a sua influência nos resultados obtidos no planeamento de marketing de conteúdo?

Calendário editorial: O que precisa saber

O calendário editorial, ou calendário mensal, é um documento que funciona como uma programação de toda a sua estratégia de conteúdo. Nesta ferramenta (que pode ser física ou digital, como por exemplo um calendário em Excel), ficam registadas informações como:

  • Datas de publicação no blog;
  • Datas de lançamentos de conteúdos;
  • Temas e formatos de conteúdos que vão ser publicados;
  • Palavras-chave utilizadas;
  • Divulgação nas redes sociais;
  • As personas definidas e a etapa do funil de vendas do cliente para a qual o conteúdo foi desenvolvido;
  • Promoção em e-mail marketing.

Apesar de permitir um panorama global do conteúdo produzido, ainda existem muitas empresas que não utilizam um calendário mensal nem têm um plano de marketing.

Porém, se pensar bem sobre o assunto, uma das primeiras etapas na implementação de uma estratégia de marketing de conteúdo é a criação de um calendário. Antes de o desenvolver, é importante ter em mente o tipo de conteúdo que será produzido. Isso porque as informações vão variar de acordo com o que a empresa julgar necessário documentar e acompanhar.

Tal como tudo na vida, existem diversos formatos de calendários. Assim, para facilitar a sua vida, apresentamos-lhe de seguida uma série de dicas que podem auxiliar na criação do seu calendário editorial.

1 - Defina a ferramenta ideal

É possível elaborar um calendário mensal através de diversas ferramentas. Mas a escolha da melhor opção deverá ser efetuada de acordo com os requisitos do seu negócio. Uma das ferramentas que é disponibilizada pelo Google são as folhas de cálculo, sendo que o Google Calendar também é uma boa opção.

Para quem não tem uma conta Google (que devem ser poucas pessoas), pode criar o seu calendário através do Excel, LibreOffice ou até mesmo pelo Plugin Editorial Calendar disponibilizado para o WordPress.

2 - Estabeleça uma frequência de publicação

Definir uma frequência para publicar é importante, porque só assim poderá manter a consistência e a qualidade do conteúdo. E, contrariamente ao que possa pensar, isso vai auxiliar na construção da sua estratégia de marketing digital.

Tenha em conta que publicar com muita frequência não é sinónimo de sucesso. É muito mais importante produzir conteúdo de qualidade do que produzir muito conteúdo. Manter o blog sempre atualizado é a melhor forma de conquistar uma audiência fiel e gerar engagement com o conteúdo produzido.

3 - Desenvolva o planeamento da sua estratégia

Através do calendário mensal pode definir inúmeras variáveis do conteúdo que irá ser trabalhado. Isso inclui muito mais coisas do que aquilo que provavelmente está a imaginar. Mas, para ter uma noção dos pontos mais importantes, referimo-los de seguida:

  • Data e horário da publicação;
  • Título e palavras-chave;
  • Identificação dos responsáveis pela produção e publicação do conteúdo;
  • Formato do conteúdo;
  • Persona;
  • Etapa da jornada do cliente no funil de vendas;
  • Estado do processo (status do conteúdo);
  • Resumo do material (Meta descrição);
  • Oferta ou objetivo do conteúdo (CTA – Chamada para a ação);
  • URL do conteúdo.

Toda esta informação irá ajudá-lo a otimizar cada vez mais o processo e a perceber quando é que faz sentido republicar determinado conteúdo. Para além disso, vai ajudar a que tenha sempre um panorama geral, facilitando uma possível auditoria de conteúdos.

4 - Defina os canais de divulgação

Com o planeamento do conteúdo definido, está na hora de escolher as plataformas de divulgação. A par do blog, as duas formas mais comuns são as redes sociais e o E-mail Marketing.

  • Redes Sociais

Escolha as redes sociais nas quais os conteúdos serão publicados e elabore um modelo de copy para cada uma delas. Tenha em mente que é importante definir a periodicidade da divulgação nas redes sociais.

Uma das formas mais comuns de promover o conteúdo é usar a estratégia 444. E o que é esta estratégia? Ora bem, é tão simples como fazer a promoção de um material com quatro tipos de chamadas, em quatro dias diferentes, em quatro horários distintos, sendo uma publicação realizada em cada semana do mês.

Se não produz um volume muito grande de conteúdos, esta pode ser uma excelente estratégia para gerar tráfego para o seu site.

  • E-mail Marketing

O e-mail marketing também é uma ótima ferramenta para divulgar o seu material e manter o público interessado.

Defina os dias e horários de envio e inclua no seu calendário mensal. Tenha em conta que só deve enviar emails para quem tem interesse em receber os mesmos. Não faça SPAM e não envie uma quantidade infindável de emails que não sejam verdadeiramente interessantes para o consumidor.

5 - Siga o cronograma (afinal é para isso que ele serve) e alinhe a equipa

Com o calendário editorial definido, procure segui-lo à risca, e mantenha-o atualizado. Mas, além de o seguir à risca, deve também medir os resultados que são gerados (aqui é essencial ter bem definidas as métricas e KPI’s do seu negócio). Assim, é possível aprimorar constantemente a sua estratégia de marketing de conteúdo, para obter melhores resultados.

Lembre-se que o calendário editorial fornece uma visão geral e estratégica das suas ações dentro do planeamento de conteúdo. O mesmo tem um papel fundamental na centralização das informações, melhorando a comunicação e o conhecimento da equipa relativamente aos prazos, datas e andamento dos processos.

Partilhar o calendário editorial com a equipa é meio caminho andado para uma correta estratégia digital. A par disso, permite também a realização de brainstorming para o desenvolvimento de estratégias complementares.


Saiba mais sobre Mulheres à Obra aqui.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.