Afaste-se de pessoas e de situações que não vão ao encontro daquilo que o seu coração lhe diz. Aposte em tudo aquilo que alimenta a sua chama interior e que mantém aceso o seu fogo da paixão pela vida. Atreva-se a ir mais além e teste os seus limites, aventurando-se para lá da sua zona de conforto e descobrindo novas capacidades em si. Na vida, colhemos muito do que plantamos, por isso assegure-se que todas as sementes que lança estão de acordo com a sua verdade e com a pessoa que você é. Para que nunca se esqueça, tome nota destas sete maneiras de alimentar a sua força interior.

1 - Se é para fazer, faça em grande

Esqueça os meios-termos: quando investe num projeto, num relacionamento ou até numa tarefa quotidiana, como arrumar a casa, dê o seu melhor e aposte sempre nos resultados mais espetaculares. Partilhe as suas ideias, dê asas à criatividade, não tenha medo de dizer e escrever aquilo que pensa e de mostrar aos outros as suas visões do mundo e da vida. Abra o coração, deixe de esconder sentimentos com receio de não ser aceite. Acredite que merece o melhor e mostre-se sem medos.

2 - Aprenda a canalizar a sua energia

Há batalhas que não valem o seu desgaste energético. Mas há causas pelas quais vale a pena lutar - aquelas que contribuem para melhorar a sua vida de algum modo e para que se sinta mais próximo das suas metas. Porque a mente e o corpo estão sempre interligados, aprender a reconhecer a sua força física - e a melhorá-la - faz com que também se sinta mais seguro e confiante no plano emocional. Por isso, aprenda a canalizar a sua energia e mantenha uma prática regular que o ensine a mantê-la em alta. As artes marciais são uma boa forma de o fazer, assim como a defesa pessoal, e qualquer outra atividade física que contribua para aumentar a sua confiança nas suas capacidades.

3 - Cuide da sua imagem

Quando nos olhamos ao espelho e gostamos daquilo que vemos é mais fácil sentirmo-nos fortes interiormente. Em vez de lamentar-se porque não tem o corpo que idealizou ou de se consumir em dietas que só lhe trazem frustração e uma constante sensação de privação, olhe bem para si e melhore a sua imagem, dentro daquilo que ela é. Faça um penteado que lhe transmita auto-confiança, use roupas com que se identifica e que o favorecem, cuide de pequenos pormenores e detalhes que lhe dêem uma imagem de conjunto da qual se sente orgulhoso. Pode também usar acessórios com cristais, cujo energia contribui para melhorar a sua própria energia pessoal. Por exemplo, o Jaspe confere estabilidade e a Aventurina ajuda a aliviar a pressão e a acalmar as dores de cabeça.

4 - Peça aquilo que merece

Não tenha medo de pedir ajuda nem receio de reclamar quando algo que lhe é devido não lhe é dado. Reconhecer o que merecemos e afirmá-lo faz com que sintamos que temos respeito por nós próprios, e faz com que também os outros passem a tratar-nos da mesma forma. Enfrente os seus medos e peça, sem receio nem timidez. Todos temos os mesmos direitos, por isso não se subvalorize nem se anule.

5. Corte a direito

Avalie os esforços que tem feito em relação às situações que não lhe trazem felicidade na sua vida atual. Se não tem obtido resultados, provavelmente está na altura de cortar com o passado e seguir em frente. Sem agir de cabeça quente, pondere sobre aquilo que o rodeia e não tenha medo de cortar com o que não lhe faz bem. Sentir-se-á francamente mais leve, e quem está mais leve voa mais alto. Use a sua energia para ir ao encontro daquilo que quer, em vez de gastá-la a combater o que não quer.

6 - Regresse à inocência

Embora a sabedoria que se adquire com a experiência seja a chave do nosso crescimento pessoal, aquela inocência que tínhamos antes de sofrer desilusões era um combustível incomparável para nos lançarmos em novos desafios. Aprender a voltar a acreditar com a pureza de uma criança transmite-nos um entusiasmo e uma sede de viver que podem ser poderosas forças matrizes para nos levar mais longe. Pense um pouco sobre aquilo em que deixou de acreditar na sua vida. Esqueça as desilusões que sofreu. Se voltasse a acreditar com a pureza de uma criança, que possibilidades se abriam para si neste momento?

7. Transforme-se

O fogo é usado deste os tempos primitivos como agente transformador. Ilumina, aquece e serve para colocar os processos em ação. De tempos a tempos, liberte-se do que está a pesar no seu coração escrevendo uma carta onde liberta toda a raiva, toda a mágoa, todas as dores que o incomodam. Escreva-a e de seguida queime-a, em segurança. Queime fotografias que lhe trazem mudanças dolorosas - o fogo tem um poder libertador, ao transformar irreversivelmente aquilo que já não tem razão para existir na sua vida. Quanto mais se habituar a libertar-se do que não é bom para si, mais seguro e confiante estará em relação a si próprio, sentindo-se mais forte.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.