Nada melhor do que chegar a Turim através do aeroporto de Malpensa, em Milão. Este é um dos três aeroportos da capital da moda, onde Rafael Leão verga a camisola do AC Milan, e fica a "meio caminho" da cidade de Turim, a "nova casa" de Cristiano Ronaldo.

Se lhe dissermos que nesta viagem, com muito estilo e desporto à mistura, conseguirá fazer um roteiro inesquecível e não precisa mais do que uma semana para o concretizar, acredita? Com os voos para Milão, tudo fica mais simples, uma vez que não irá perder tempo com escalas, apenas precisará de alugar um carro.

Aproveite para conhecer um dos lagos mais famosos de Itália

Uma vez aterrado em Milão, procure o seu carro e parta em busca do Lago Maggiore, um dos mais bonitos de Itália, talvez apenas ultrapassado pelo famosissímo Lago Como (que também fica perto de Milão).

Isola Bella, no Lago Maggiore
Isola Bella, no Lago Maggiore créditos: Pixabay

Aproveite a viagem até Stresa, o melhor lugar para ficar uma ou duas noites e apreciar tudo aquilo que de melhor este lago nos pode oferecer. São 50 quilómetros que se fazem em menos de uma hora. É a partir desta vila que se consegue visitar mais facilmente o arquipélago Borromeu, constituído por um grupo de três pequenas ilha e dois ilhéus, pertencente à família Borromeu, muito poderosa no início do século XVI. A Isola Madre, a Isola dei Pescatori e a Isola Bella vão ficar guardadas para sempre no seu coração, de tão charmosas que são.

Turim, a cidade nos pés de Cristiano Ronaldo

De Stresa a Turim são 140 quilómetros, que se fazem de carro em apenas 1h40. Cristiano Ronaldo e a sua namorada Georgina Rodríguez são ambos religiosos e costumam visitar as igrejas aos domingos. Isto quando o craque não está a jogar pela Juventus. A preferida do casal é a Catedral de Turim, o principal templo da Igreja Católica Romana da cidade. 

O casal já foi visto ainda em vários locais de interesse da cidade, um deles a Piazza Vittorio Veneto.

Os restaurantes preferidos do jogador português

Em Itália, sê italiano. É o que deve ter pensado Cristiano Ronaldo quando trocou a cidade de Madrid por Turim. Quando dá aquela vontade de comer uma boa pizza, o craque português vai até ao SestoGusto, na Via Giuseppe Mazzini. Este restaurante é famoso pelas suas massas, com produtos e procedimentos totalmente naturais. Já foram muitos os jogadores da Juventus que foram avistados, várias vezes, na sala principal deste lugar, e Cristiano Ronaldo ficou surpreendido por não ter sido assediado, algo que acontecia regularmente em Madrid.

O interior do Ristorante La Credenza, nos arredores de Turim
O interior do Ristorante La Credenza, nos arredores de Turim créditos: Site Ristorante La Credenza

O Ristorante La Credenza, nos arredores de Turim, é outro dos restaurantes favoritos do plantel da Juventus. O avançado internacional português gosta de pedir ao chef do restaurante para ir cozinhar à casa onde reside com Georgina e os filhos.

Luxo em casa

O capitão da seleção portuguesa instalou-se com a família numa famosa colina perto do centro de Turim, com vistas ímpares para a cidade. É uma zona frequentada por gente rica e adepta da discrição.

O jogador português arrendou duas moradias de luxo, com entradas independentes, mas interligadas, que contam com jardim, piscina coberta e até mesmo um spa.

Quanto à decoração, Ronaldo contratou a mesma designer de interiores, Paula Brito, que já tinha decorado a sua casa de La Finca, nos arredores da capital espanhola.

A casa de espetáculos da Juventus

O Allianz Stadium (ou Juventus Stadium) é a casa da "Vecchia Signora" (Velha Senhora) e onde Cristiano Ronaldo leva à loucura os seus fãs.

Estádio da Juventus
Estádio da Juventus créditos: Wikimedia Commons

Com uma capacidade para 41 mil pessoas, pode não ser o maior de Itália, mas é um fantástico recinto desportivo. Visitas ao estádio estão disponíveis diariamente e há também um museu dedicado à equipa de futebol da Juventus.

O regresso a casa, com paragem em Milão

Achava que iria regressar a casa sem conhecer Milão, a capital da moda? Milão é daquelas cidades para desfrutar dos seus "terrazzos" e dos restaurantes cosmopolitas.

O centro da cidade cosmopolita de Milão
O centro da cidade cosmopolita de Milão créditos: Pixabay

Visite o ex-líbris da cidade, a Catedral de Milão e respetivo museu, a Galeria Vittorio Emanuele II e o Castello Sforzesco. Para os que adoram gelados, não estivéssemos nós em Itália, não deixem de provar os da Gelateria Cioccolati Italiani, que são divinais.

Não deixe também de visitar a igreja Santa Maria delle Grazie, mais propriamente o edifício anexo, onde está a "Última Ceia", o famoso fresco pintado por Leonardo Da Vinci.

San Siro, um autêntico templo do futebol em Itália

Se gosta de futebol, tem mesmo de assistir a uma partida no estádio Giuseppe Meazza, também conhecido como San Siro, o maior de Itália, com capacidade para 80 mil pessoas. Tanto acolhe jogos do AC Milan, onde joga o português Rafael Leão, como do Inter de Milão, outrora clube orientado pelo treinador português José Mourinho, que viveu dias de glória neste enorme palco. Não deixe de visitar também o museu do estádio, para saber mais sobre as histórias, boas e más, por detrás do San Siro.

A poucos quilómetros pode ter uma experiência gastronómica exclusiva na Cucina Milanello, um restaurante decorado com as cores do AC Milan, e que fica no museu dedicado à equipa "rossoneri".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.